Ex-meia do Bahia espera reação rápida do CSA para fugir do Z-4

Gabriel entrou em campo 37 vezes de 47 jogos feitos pelo Azulão do Mutange

Foto: Morgana Oliveira/ASCOM CSA

Próximo adversário do Esporte Clube Bahia na Série B do Brasileirão, o CSA chega a 22ª rodada com duas derrotas seguidas na competição. Por consequência, o Azulão do Mutange está a um ponto do Operário-PR, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Um dos jogadores mais experientes do grupo alviceleste é o meio-campista Gabriel.

 

“Não tem muito campeonato pela frente não, tem pouco campeonato. Tem três meses, 17 jogos. Agora todo jogo querendo ou não é uma decisão, temos que vencer o mais rápido possível. Então, esse negócio de ter muito campeonato não existe. Temos que reagir o mais rápido possível para fazer um campeonato seguro… Vencer os jogos que necessitam pra ficar livre dessa situação”, analisou o meia.

Aos 32 anos, o atleta, revelado pelo Bahia na temporada 2010, deve participar de seu 38° jogo neste ano. Partida que vai colocá-lo frente a frente com o seu clube de origem. Apesar da atual colocação do Esquadrão de Aço na competição, a projeção de Gabriel é positiva.

“Eu já vivi situações assim difíceis. No Flamengo, em 2014, fomos para as férias da Copa do Mundo em vigésimo no campeonato e a pressão era absurda. Voltamos em outro nível depois da Copa e conseguimos seguir, mas a pressão foi muito grande… Vamos trabalhar para livrar (o CSA) porque a nossa responsabilidade é muito grande”, indicou o atleta .

No próximo sábado (06), o CSA visita o Bahia na Arena Fonte Nova, às 16h30. Enquanto o Azulão acumula 20 pontos, o Esquadrão possui 37 e abriu cinco pontos de vantagem para o Tombense (5° colocado).

Deixe seu comentário

Autor(a)

05/08/2022 às 14h30

Pedro Moraes

Jornalista, formado pela Universidade Salvador (Unifacs). Possui passagens em vários ramos da comunicação, com destaques para impresso, sites e agências de Salvador e São Paulo. Contato: [email protected]

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*