Fifa confirma 26 convocados e 15 jogadores no banco na Copa do Mundo

Outra mudança foi no tamanho da lista provisória que as seleções enviam para a Fifa: de 35 para 55 jogadores.

Divulgação / Fifa

Nesta quinta-feira, a Fifa confirmou que as seleções poderão convocar 26 jogadores para a Copa do Mundo do Catar 2022. Será a primeira vez que o torneio permite esse número de convocados. O habitual era 23. Com isso, será permitido levar 15 jogadores para o banco de reservas. Também serão permitidas cinco substituições por jogo, desde que distribuídas em três paralisações. Além disso, a lista provisória que as seleções enviam para a Fifa passam de 35 para 55 jogadores. A informação foi antecipada pelo site “ge”.

 

Na semana passada, a associação internacional que regula as regras do futebol (IFAB, na sigla em inglês) autorizou as entidades a adotarem essas regras nos torneios que organizam. A Fifa será a primeira a implementar as medidas. No ano passado, ainda por causa dos efeitos da pandemia de Covid, a Conmebol permitiu 28 convocados para a Copa América, e a Uefa permitiu 26 para a Euro.

No dia 1 de abril, em seminário realizado em Doha, no Catar, na véspera do sorteio dos grupos da Copa, a Fifa reuniu técnicos de quase todas as seleções classificadas para o Mundial com o objetivo de ouvi-los. A maioria dos treinadores demonstrou apoio ao aumento da lista para 26 nomes e para a presença de 15 atletas no banco de reservas.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*