Após derrotas seguidas em casa, Guto quer Bahia dando a vida contra o Novorizontino

Agora o Esporte Clube Bahia dá uma pausa na Copa do Brasil e volta o seu foco para o Campeonato Brasileiro da Série B

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia largou com desvantagem nas oitavas de final da Copa do Brasil ao perder para o Athletico-PR, de virada, por 2 a 1, na Arena Fonte Nova. O jogo de volta acontece no dia 12 de julho, às 20h30, na Arena da Baixada. O Esquadrão precisa de um triunfo por dois gols de diferença para conseguir a classificação, ou então vencer por um gol de diferença para decidir nos pênaltis. Agora o Tricolor dá uma pausa na Copa do Brasil e volta o seu foco para a Série B, onde enfrenta o Novorizontino no próximo sábado (25), às 16h, na Arena Fonte Nova, pela 14ª rodada da competição nacional.

 

Após duas derrotas seguidas em casa, para Chapecoense (1×0) e Athletico-PR (2×1), o técnico Guto Ferreira afirmou que espera o Bahia dando a vida diante do Novorizontino para conquistar os 3 pontos e manter a margem dentro do G-4 da Série B.

“Contra a Chape fomos mal? Tivemos um jogo estupendo, mas não conseguimos fazer o gol. O jogo [contra o Athletico-PR] fomos mal? Não. Tivemos alguns erros, mas não estamos fora da competição. Temos chances ainda. O placar que eles levam dá a vantagem, mas não a classificação. Contra o Azuriz também saímos com placar adverso e conseguimos classificar. Mas o mais importante é a partida de sábado. Temos que dar a vida e fazer muito mais do que fizemos. Precisamos fazer com que o adversário sinta a pressão da Fonte Nova, e não nós. O trabalho é passar a confiança e ajustar”.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário