Ricardo Lima fala em colocar o futebol baiano como protagonista no cenário nacional

Ricardo Lima destacou o compromisso para o fortalecimento do futebol baiano.

Foto: Max Haack / FBF

Reeleito presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), na última quarta-feira, em disputa com chapa única, Ricardo Lima destacou o ano atípico de 2021 por conta da pandemia, mas destacou o crescimento do futebol baiano e projeta colocá-lo como protagonista no cenário nacional. O mandatário da entidade frisou que busca um futebol igualitário, sem distinção, além da diminuição da desigualdade de gêneros.

 

“Tenho certeza que seremos protagonistas no cenário nacional. O ano de 2021 foi atípico para o futebol baiano, mas o de 2022 será de retomada. Buscamos um futebol igualitário, sem distinção. É compromisso nosso, também, a diminuição da desigualdade de gêneros, não só dentro de campo, mas em toda a cadeia do futebol. Agradeço, mais uma vez, a todos que confiam na nossa diretoria. Estamos plenamente disponíveis à comunidade do futebol baiano para que possamos colher, juntos, os melhores frutos possíveis”, disse o presidente da FBF, na Assembleia Geral Eleitoral, realizada no salado Jade do Wish Hotel da Bahia, em Salvador.

Composto por 73 votantes, o colégio eleitoral abrangeu integrantes dos clubes baianos das duas principais séries estaduais, bem como das ligas municipais, além do goleiro Fábio Lima, do Atlético de Alagoinhas, que representou os atletas. O primeiro mandato de Ricardo Lima na FBF iniciou e 2019, onde ele teve como vice-presidente Manfredo Lessa, que também vai continuar no cargo para o novo mandato.

Entre os feitos na administração da FBF, ele soma a inclusão de premiação no Campeonato Baiano, tal qual a formação da Série C do Estadual. Além de gerir a federação, o mandatário integra o setor do Conselho Consultivo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), depois de ser eleito por unanimidade.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário