Conselho do Bahia cobra explicações à diretoria sobre bloqueio de valores

Conselho Deliberativo do Bahia publicou um ofício cobrando explicações da diretoria

Foto – Felipe Oliveira/EC Bahia

Em virtude de uma dívida de mais de R$ 8 milhões referente ao acordão trabalhista, o Tribunal Regional do Trabalho do Estado em ofício enviado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na última quarta-feira (11) solicitou o bloqueio de valores do Esporte Clube Bahia até o limite de R$ 8,1 milhões. Além disso, o TRT recomendou que a entidade máxima do futebol brasileiro comunique acerca das futuras transações de jogadores do Tricolor Baiano, como cadastro de novas contratações, empréstimos e transferências. Além disso, o clube pode não receber a premiação de R$ 3 milhões por avançar de fase na Copa do Brasil.

 

Após o pedido de bloqueio, o Conselho Deliberativo do Bahia publicou um ofício cobrando explicações da diretoria executiva do clube, liderada por Guilherme Bellintani. De acordo com o clube, foi feito um acordo com o TRT, que determina revisão dos valores na hipótese de mudança no patamar financeiro do clube. Devido a queda de receitas em virtude do rebaixamento à Série B, o Bahia solicitou uma audiência para recapitular o acordo, mas esse acordo não foi despachado e o clube simplesmente deixou de pagar.

VEJA O OFÍCIO ABAIXO

Deixe seu comentário!

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. Rescisões de zagueiro e lateral com o Vitória são publicadas no BID
  2. Gabriel Dias prevê entrada do Vasco no G-4 em duelo contra o Bahia
  3. Ex-CEO do Bahia avalia chance de união dos clubes com criação da Libra

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*