Marcelo Sant’Ana critica falta de transparência do Bahia por não anunciar diretor-geral

"É lamentável o Clube não divulgar a contratação de um funcionário que teria o maior cargo administrativo do Clube"

Uma notícia divulgada pelo portal Info Bahêa pegou muita gente de surpresa nesta sexta-feira. O Esporte Clube Bahia tinha um diretor-geral desde setembro do ano passado, que nunca foi anunciado, e pior, sequer aparecia na lista de funcionários do clube (VEJA AQUI). O diretor-geral é Eduardo Gadelha, que participava da tomada de decisões junto com o presidente Guilherme Bellintani e o vice-presidente Vitor Ferraz.

 

Gadelha responde por questões administrativas, financeiras e estratégicas do clube baiano, papéis que também são delegados a Bellintani, inclusive, é o responsável pela negociação entre Bahia e Rossi por conta do impasse na renovação. Questionado sobre a existência do diretor-geral, o Bahia informou ao Info Bahêa que o anúncio da contratação do dirigente nunca foi feito por política interna.

Presidente do Bahia no triênio 2015-2017, Marcelo Sant’Ana se manifestou sobre o caso nas redes sociais e criticou a falta de transparência da diretoria do Bahia.

“Eu só não vou dizer que estou surpreso pois fiquei surpreso semana passada quando soube que o Bahia tinha Diretor-geral. Agora também sei o nome do profissional. É lamentável o Clube não divulgar a contratação de um funcionário que teria o maior cargo administrativo do Clube”, postou no Twitter.

Deixe seu comentário!

2 Comentário

  1. O MARCELO FEZ A PARTE DELE ENTREGOU O CLUBE COM METAS BEM DEFINIDAS DE CRESCIMENTO… PORÉM FOI SUBSTITUÍDO POR UM PRESIDENTE QUE DESTRUIU O CLUBE COM MAIOR ORÇAMENTO DO NORTE E NORDESTE DE FORMA IRRESPONSÁVEL… VIABILIZOU CONSTRUÇÃO DE UM CT DIAS D”AVILLA UM ELEFANTE BRANCO,INVESTIMENTO QUE DEVERIA SER NO FAZENDÃO LOCAL SE ONDE NUNCA DEVERÍAMOS TER SAÍDO …. RESUMO BELLITANI É UM GESTOR FRACASSADO E TEM META DE VENDER O FAZENDÃO ….

  2. Pra subestimar a nossa inteligência. O candidato da mesma chapa, aparece de maneira conveniente e faz críticas. Assim desavisados pensam que ele é oposição, quando na verdade é do mesmo grupo. Resumindo. No Bahia temos a ferramenta democrática que é a eleição. Mas ainda não temos democracia. Já que de fato, nunca existiu um oposição consolidada para fiscalizar e expor a falta de transparência. Por isso sempre se reelegem com mais de 90% dos votos.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Meia Régis, ex-Bahia, é anunciado como novo reforço do Coritiba
  2. Com novo gestor de futebol, Bahia deve avançar na busca por reforços

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*