Relacionado pela 1ª vez no Bahia, Marcelo Cirino celebra retorno

Apesar de não ter entrado em  campo, Cirino fez uma publicação nas redes sociais

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Contratado para reforçar o sistema ofensivo nessa reta final do Campeonato Brasileiro da Série A, o atacante Marcelo Cirino ainda não estreou pelo Esporte Clube Bahia, mas ontem, na derrota para o Atlético-MG por 3 a 2, o jogador foi relacionado pela primeira vez e figurou no banco de reservas. A última partida de Cirino ocorreu em novembro do ano passado, pelo Chongqing Dangdai-CHI. No início de 2021, ele passou por uma cirurgia de ligamento cruzado do joelho. Faltam dois jogos para o término da Série A, contra Fluminense e Fortaleza. Apesar de não ter entrado em  campo, Cirino fez uma publicação nas redes sociais nesta sexta comemorando o retorno aos gramados.

 

“Uma data que certamente ficará marcada para sempre em minha vida. Primeiramente quero agradecer à Deus pois sem ele nada disso estaria acontecendo, minha família que viveu esse momento comigo, sofreu junto comigo, amigos, profissionais da fisioterapia que me acompanharam e me acompanham, médicos, e em especial ao Esporte Clube Bahia que me abriu às portas no momento mais delicado da minha carreira.

Foram longos dias de sofrimentos, de angústia, choro, dor, incertezas, para ser mais claro, mais de 1 ano sem sentir o gosto de estar no vestiário com meus companheiros, de pisar no gramado, ouvir a torcida gritando e empurrando o time. Ainda não foi o momento da estreia porém sinto que hoje estou mais perto que longe. Tenho muito a melhorar e vou melhorar, pois quero honrar toda confiança que esse gigante clube e essa massa de torcedores depositaram em mim!! Temos mais 2 batalhas, a guerra não acabou e tenho certeza que juntos sairemos muito mais fortes!! #BBMP @ecbahia #MC88″

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. Desnecessária, obscura e negligente esta contratação de Marcelo Cirino, pós cirúrgico, 1 ano parado e com salário relativamente alto. O qu, ou quem está por trás disso?
    Tanto assim que ninguém sabe se o jogador vai dá sequem um chute jogando pelo Bahia, visto que se o time confirmar o rebaixamento, devido alto salário dificilmente vai permanecer.
    Será uma fato inédito no Bahia se isso ocorrer.
    E com ele, deverá sair Conti, Rossi, Gilberto, Nino Paraíba, Rodriguinho, Rodallega, índio Ramires, Lucas Muggni, Daniel, Danilo Fernandes, pois Bellitani teria afirmado que caso se confirme a queda, terá que dispensar os jogadores de salários alto.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*