Avaí pode perder acesso à Série A após denúncia de atletas; CSA ficaria com a vaga

Por conta disso, o Leão da Ilha corre o risco de perder três pontos na classificação

Foto - Frederico Tadeu/AFC

Em virtude de uma denúncia de sete jogadores no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Avaí corre o risco de perder o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. Os atletas cobram salários atrasados e acionaram o clube. Por conta disso, o Leão da Ilha pode perder três pontos na classificação final da Série B de 2021, fazendo com que deixasse o G-4 passando a vaga para o CSA, que terminou no 5º lugar.

 

Segundo informação do “ge”, os jogadores Diego Renan, Edílson, Iury, João Lucas, Jonathan, Rafael Pereira e Ronaldo, que não tiveram os contratos renovados para 2022, procuraram o Sindicato dos Atletas Profissionais de Futebol do Estado de Santa Catarina (SAPFESC) para efetuar a denúncia, que na última segunda-feira foi encaminhada ao STJD após notificação ao Avaí.

A Procuradoria do STJD pede que o Avaí se manifeste sobre a denúncia, e o clube tem três dias para responder a partir do dia 21 de janeiro, que é quando termina o recesso do STJD. Depois disso a notícia de infração é encaminhada a um Procurador e, se for comprovada dívida com os jogadores, o Tribunal dará o prazo mínimo de 15 dias para que o Leão da Ilha pague os atletas.

O presidente eleito do Avaí, Julio Heerdt, que assume no sábado, chegou a ter uma reunião na segunda-feira com o presidente do Sindicato, Marcelo Alexandre. Ele disse que os atletas não aceitaram esperar para que a nova direção do Avaí tome posse e mantiveram a postura de realizar a denuncia no STJD.

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário