Despedida: Índio Ramírez agradece à torcida e ao Bahia: “Me ajudou a crescer”

cinco clubes brasileiro já demonstraram interesse no jogador, entre eles o Fluminense

Foto - Felipe Oliveira / EC Bahia

Além de Germán Conti, outro gringo que usou as redes sociais para se despedir do Esporte Clube Bahia nesta quarta-feira foi o meia Índio Ramírez, que pertence ao Atlético Nacional e chegou a ter um acordo encaminhado para ser adquirido pelo Esquadrão, mas a diretoria desistiu do negócio após o rebaixamento para Série B. De acordo com o empresário do atleta, cinco clubes brasileiro já demonstraram interesse no jogador, entre eles o Fluminense. Na mensagem, Ramírez lembrou que o Bahia lhe abriu as portas e agradeceu a todos.

 

“Hoje me despeço do Bahia, clube que me abriu as portas e me ajudou a crescer profissional e pessoalmente. Agradeço a todas as pessoas que fazem parte deste grande clube e pelo grande carinho que a torcida teve no tempo em que defendi estas cores. Obrigado a todos e até breve”, escreveu.

Natural de Medellín, na Colômbia, Juan Pablo Ramírez Velásquez surgiu nas divisões de base do Atlético Nacional, se profissionalizando em 2016. Foi emprestado no ano seguinte ao Atlético Bucaramanga, também da Colômbia. Acumula passagens também por outras equipes do mesmo país, como Deportivo Pasto e Leones FC. O jovem atleta também soma convocações para a Seleção Sub-23 do seu país.

Chegou ao Bahia em novembro de 2020 com o Campeonato Brasileiro em andamento e rapidamente se transformou em uma das peças mais importantes do time. Índio Ramírez disputou 11 jogos e marcou três golaços pelo Tricolor, contra Flamengo, Corinthians e Internacional, mas em fevereiro, contra o Fluminense, acabou sofrendo uma grave lesão e ficou longe dos gramados por sete meses, retornando em setembro. Na reta final da Série A, entrou no decorrer de quatro jogos.

 

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Avaí pode perder acesso após denúncia de atletas; CSA ficaria com a vaga

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*