Vitória executa ‘limpa’ na base e projeta economia de R$ 2 milhões

Time sub-14 e sub-15, por exemplo, passaram a temporada apenas nos treinamentos, sem atuar

Atletas dos times sub-20 e sub-23 alegam manutenção de salários vencidos. Jogadores do Vitória estão sem receber há mais de três meses
Foto: Pietro Carpi / EC Vitória / Divulgação

Tal qual o elenco profissional, os planteis das categorias de base do Vitória têm vivido um período de mudanças. Conforme o site Arena Rubro-Negra, a equipe sub-20 possui um número superior a 50 atletas, no entanto, vários desses jogadores seguem sem utilização, mas continuam gerando despesas ao Leão da Barra. Anteriormente, na gestão anterior, o mesmo grupo contabilizava 55 jogadores.

 

Acima de tudo, alguns deles não foram analisados pela comissão técnica, e, até mesmo, passaram por triagem da parte técnica para situarem seus próximos passos na agremiação baiana. Ainda de acordo com a reportagem, a gestão rubro-negra já iniciou a fase das rescisões contratuais, assim como conversas com outros clubes para direcionar os atletas.

A princípio, os cortes evidenciaram uma economia de R$ 2 milhões, visto que a base possui um orçamento de R$ 7,8 milhão, o que ultrapassa a projeção inicial de R$ 6 milhões.

Já as categorias sub-14 e sub-15, devido a falta de competições, trabalharam apenas em sessões de treinamentos durante o ano. Enquanto o time sub-14 integra um torneio preparatório, que tem Bahia, Jacuipense e Estrela de Março, com data de disputa da Aldeia Cup prevista para acontecer no dia 11 de dezembro, a equipe sub-15 enfrente o Bahia, na disputa pelo título baiano.

Deixe seu comentário!

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Vitória realiza penúltimo treino de olho no Vila Nova e antecipa concentração
  2. Revelado no Vitória, goleiro Felipe reforça time da Série A2 do Paulista

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*