Bahia não faz gol há 3 jogos e tem pior ataque da Série A no returno

O Esquadrão de Aço marcou um tento pela última vez na 30ª rodada da competição

Foto: Felipe Oliveira

Os números do Esporte Clube Bahia na Série A do Campeonato Brasileiro 2021 estão de mal a pior. Com os setores improdutivos do time, o de maior destaque está na parte ofensiva da equipe. Nos últimos três confrontos, o Esquadrão de Aço sequer comemorou um gol, ou seja, não marca há aproximadamente 270 minutos.

 

Antes de mais nada, o Bahia marcou pela última vez na 30ª rodada da competição. Na ocasião, venceu o São Paulo, por 1 a 0, onde Rossi anotou o gol da equipe mandante aos 77 minutos do 2° tempo. Após o feito, as partidas contra Flamengo, Sport e Cuiabá não contaram com gols do Esquadrão.

Nesse sentido, o Tricolor Baiano acumula o pior ataque da competição no turno complementar. São 9 gols marcados em 15 jogos, ou seja, uma média de 1,6 por duelo. Após o empate sem gols com o Cuiabá, no último domingo (22), o técnico Guto Ferreira analisou a deficiência na equipe.

“A responsabilidade é minha. Não é de quem está entrando, de quem está jogando. Eles têm buscado fazer o melhor deles, as coisas não estão acontecendo (…) Temos que melhorar. Eu posso falar pelos últimos nove jogos, em que marcamos sete gols. Teríamos que ter marcado pelo menos um gol por jogo. Mas também houve uma melhora significativa na defesa, onde tomamos gols em apenas três jogos. E apenas o Flamengo ficou fora da curva”, avaliou.

Para mudar o panorama negativo, o Esquadrão entra em campo nesta sexta-feira (26). A partida acontece diante do Grêmio, às 19h, na Arena Fonte Nova.

Deixe seu comentário!

3 Comentário

  1. Então, se tem o pior ataque do returno, é sinal que tem que haver mudança escalando jogadores que tem mais potencial de fazer gols. Porque tem que manter determinados jogadores no time se não está funcionando a contento?
    Não adianta ficar sem sofrer gols e continuar perdendo ou empatando.
    Empate é irmão da derrota, pois num campeonato de 20 clubes, sequência de empates é prejuízo em todos os sentidos.
    Mais vale perder duas e ganhar uma partida do que empatar 3 seguidas, principalmente devido os critérios de desempates.
    O Bahia é dependente quase que total dos gols de Gilberto, quando ele não faz o Bahia dificilmente o time ganha jogo. Isso é fato.
    Porém Gilberto toma muitos cartões, até mais, que Luiz Otávio que é zagueiro.
    Com isso fica de fora de muitos jogos. Além disso, joga muito fora da área, se ausentando em lances cruciais na hora que surge as poucas oportunidades.
    Se o Bahia, ficar de toquinho em toquinho, dando uma de BARCELONA, o contra ataque do Grêmio com Ferreirinha, Borja ou Diego Souza, pode ser mortal.

  2. MESMO TENDO NÚMEROS NEGATIVO POR FORÇA DESTA GESTÃO FRACASSADA DE BELLLITANI TITANIC … VAMOS CONTINUAR VIVO NA COMPETIÇÃO … VUUMMM BORA BAAAEEEA …

    • Vamos ver se Bellitani, aprende de uma vez por todas, para que em 2022, não cometa os mesmos erros de toda a sua gestão.
      Faça contrações pontuais, sem essa de quantidade. E que contrate bons jogadores para todas as posições, dando prioridade as laterais, meio campo e ataque.
      E chega de trazer jogador bichado para se recuperar no clube.

1 Trackback / Pingback

  1. Conselho da CONMEBOL aprova proposta da CBF para intercâmbio na arbitragem

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*