A caminho da Finlândia, Gabriel Bispo afirma que deixa o Vitória sem mágoas

Volante disputou 37 jogos pelo Vitória em 2021, onde marcou um gol

Foto: Letícia Martins/ Vitória

O final de ano do Vitória ainda está indefinido, já que a equipe entra em campo no próximo domingo (28), para enfrentar o Vila Nova, às 16h, no Estádio Barradão. Todavia, o planejamento de 2022 já está sendo realizado, com saídas de jogadores. A princípio, o volante Gabriel Bispo fechou com o KuPS, da Finlândia.

 

De acordo com o atleta, sua saída do Leão da Barra não tem mágoa, apesar de ter como desejo ‘sair por cima’ da equipe. “Tenho mágoa de ninguém, não. Fiquei chateado com a maneira que saí, não queria sair dessa maneira. Queria ter saído por cima. Algumas pessoas podem me criticar, mas em todo o tempo que estive aí sempre fui comprometido para ajudar. Estou tranquilo”, comentou, em entrevista ao programa BN Na Bola, da Rádio Salvador FM 92,3.

Anteriormente, em agosto, o meia havia pedido rescisão de forma indireta do vínculo contratual com o Rubro-Negro Baiano, quando acionou a Justiça, na tentativa de receber R$ 250 mil, sobretudo, de salários atrasados. Segundo o site Bahia Notícias, Gabriel Bispo entrou em um acordo com o clube, no qual o Vitória não vai mais precisar quitar essa dívida, pois o jogador abriu mão da quantia a receber. Acima de tudo, o Leão permanecerá com 30% dos direitos econômicos.

“Eles (KuPS) tiveram interesse no final da Copa do Brasil, entraram em contato com meus representantes. Ficou a questão da documentação, mas assim que teve o acerto eu fiquei feliz. Estou feliz para poder chegar lá e dar meu melhor. Nunca tive experiência na Europa, mas sei que vai ser maravilhoso. Estou preparado, ansioso, querendo muito essa oportunidade. Espero que seja a primeira de muitas”, finalizou o atleta.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*