Grêmio cobra atitude da CBF após parecer ser favorável à reclamação

Na ocasião, o Imortal Tricolor perdeu o duelo, por 3 a 1, pela 32ª rodada da Série A

Na noite desta segunda-feira (22), o Grêmio, próximo adversário do Bahia no Brasileirão 2021, publicou postagens consecutivas no Twitter solicitando retorno da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) acerca do parecer da Ouvidoria de Arbitragem referente à reclamação do clube sobre um pênalti não marcado no duelo contra o América-MG, no dia 13 de outubro. Na ocasião, o Imortal Tricolor perdeu o duelo, por 3 a 1, pela 32ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro 2021.

 

A contestação do Tricolor dos Pampas se concretizou após o ouvidor confirmar, no documento, a afirmação do erro na infração a favor do time do técnico Vagner Mancini.

“O reclamante (Grêmio) tem razão, embora não pelo fundamento que oferece. De fato, pois embora tenha havido falta no lance, esta não decorreu de calço, uma vez que, prejudicialmente, sequer houve contato entre a perna do goleiro e o pé do atacante, apesar da grande proximidade que tiveram. De mais a mais, ainda que contato houvesse, o fato de tanto o goleiro como o atacante praticarem ações próprias e puras para jogar futebol impediria caracterização de falta no lance. Contato não é sinônimo necessário de falta. O tiro penal, todavia, se caracterizou porque o goleiro, após fazer o movimento natural para tentar jogar a bola, colocou seu braço direito contra o corpo do atacante, de modo dissociado da primeira ação, exatamente para impedir a progressão de seu oponente”, descreve o parecer, assinado por Manoel Serapião Filho, ouvidor de arbitragem da entidade máxima do futebol brasileiro.

Nesse sentido, o Grêmio reiterou nas publicação a medida de “está tomando todas as medidas administrativas e jurídicas possíveis para preservar a instituição”.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*