Ex-preparador físico do Bahia pede desligamento do Inter após conversa vazada

Profissional com passagem pelo Esquadrão teve série de áudios vazados onde conversava sobre elenco frágil e necessidade de reforços para próxima temporada

Profissional com passagem pelo Bahia em 2019, o preparador físico Paulo Paixão está fora do corpo técnico do Internacional. Contratado para assumir a função de coordenador da preparação física do treinador Diego Aguirre, ele pediu demissão do clube gaúcho depois de ter áudios vazados nesta segunda-feira (22). Em suma, Paulo cita análises como elenco limitado, queda de desempenho da equipe etc.

 

“Fala, meu cumpadi, desculpa aí estender um pouco mais. Ainda tem outra dificuldade. O Diego (Aguirre) olha para trás, para o banco, é só garoto. É o Boschilia enganador, que não é mais garoto ali, mas tudo garoto. Time vai ter que contratar”, diz o preparador físico em um dos áudios.

O Colorado divulgou uma nota oficial na noite desta segunda. Acima de tudo, o clube de Porto Alegre reiterou a razão da demissão. Além disso, Paulo Paixão também emitiu um comunicado pedindo desculpas ao clube.

“Olá, pessoal. Estou aqui para fazer um comunicado, houve um vazamento de áudio no qual fiz o desabafo com um amigo em particular. Infelizmente esse áudio vazou. Após esse vazamento, procurei meu diretor-executivo e pedi demissão. Nestes 47 anos de profissão, e peço desculpas aos jogadores, direção, comissão técnica, funcionários e torcedores do Inter, em todo esse tempo de profissão jamais me ocorreu isso. É um momento no qual eu tenho que entender que se eu errei, tenho que assumir o erro. Estarei na torcida. Com o trabalho desenvolvido com o Diego Aguirre dentro do vestiário, com certeza os atletas irão alcançar o objetivo que é a classificação para a Libertadores. Estarei em casa torcendo como nunca, fervorosamente, para que esse grupo junto com a direção, funcionários, comissão técnica e os torcedores, atinjam o objetivo. O Inter é grande, o Inter é campeão mundial”, relatou.

Com diversos títulos na carreira, o preparador físico esteve no Inter nas temporadas 2005 e 2006, ao lado dos técnicos Muricy Ramalho e Abel Braga. Já em 2013, participou da comissão de Dunga. Antes de desembarcar no Beira-Rio, Paulo trabalhou no Bahia até novembro de 2020.

Deixe seu comentário!

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Em boa fase, ex-volante do Vitória destaca ano perfeito no Ferroviário
  2. Técnico do Náutico indica provável destino do atacante Vinícius

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*