Roger ainda não sabe qual time usará no sábado contra o Atlético-BA

"Se eu optar por esse time, que é o que veio fazendo a campanha"

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Apesar de ter atuado com um jogador a mais desde os 34 minutos do primeiro tempo, o Esporte Clube Bahia não conseguiu vencer o Atlético de Alagoinhas e ficou no empate amargo por 0 a 0 na noite desta quarta-feira (05), no Estádio Metropolitano de Pituaçu, pela partida de ida da final do Campeonato Baiano, um dia após a decepcionante perda do título da Copa do Nordeste. Os times voltam a se enfrentar no sábado (08), às 16h30, novamente em Pituaçu, quando será conhecido o Campeonato Baiano de 2020. Nesta quarta, o Bahia utilizou um time alternativo já que a equipe principal jogou na terça contra o Ceará, porém, no sábado, há a expectativa pela presença dos titulares em campo. Porém, o técnico Roger Machado ainda não decidiu qual time mandará a campo.

 

“Vamos ver. Hoje (quarta) consegui usar alguns que estiveram no jogo ontem. Se eu optar por esse time, que é o que veio fazendo a campanha, seria pelo mérito de atuarem na competição. Se eu optar por um time mais descansado, podemos ter vantagem… Vamos organizar e ver qual será a melhor estratégia”, indicou.

Roger explicou o empate diante do Atlético de Alagoinhas e afirmou que o adversário soube se defender bem e não abriu mão de atacar. O treinador também citou a maratona de jogos do Bahia, que disputou 10 jogos em 15 dias.

“Estamos jogando uma final contra uma equipe que se classificou por mérito. Mesmo estando com um jogador a menos, soube se defender bem e não abriu mão de atacar. Ficamos com maior volume de jogo, criamos oportunidades, talvez não no número que a gente se gostaria, mas nosso volume foi suficiente para sair com resultado melhor. Com um jogador a mais, o ideal é envolver o adversário e sair na frente na decisão. Foi o jogo de número dez em 15 dias. Isso nunca ocorreu na história do futebol sul-americano. Todos envolvidos ao máximo emocionalmente nessas decisões.”

VEJA TAMBÉM

 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*