Atacante do Atlético-BA pede desculpa à torcida pelo gol pedido contra o Bahia

Tobinho perdeu uma chance clara aos 3 minutos do primeiro tempo

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Apesar da expulsão do volante Makelele, aos 34 minutos do primeiro tempo, o Atlético de Alagoinhas foi guerreiro, soube se defender e ainda criou boas chances de gol, inclusive, merecia sair vitorioso. Porém, o empate em 0 a 0 com o Esporte Clube Bahia no primeiro jogo da final do Campeonato Baiano acabou sendo um bom resultado pelas circunstâncias da partida. A história do jogo poderia ser diferente se o meia-atacante Tobinha não tivesse desperdiçado uma chance clara de gol aos 3 minutos do primeiro tempo. Após o embate, o camisa 7 lamentou a infelicidade no lance e pediu desculpa à torcida, no entanto, pregou foco para melhorar no segundo jogo e buscar o título inédito.

 

“Primeiramente louvo a Deus por mais uma oportunidade de fazer o que amo. Infelizmente fui infeliz naquele lance, perdi cara a cara. Trabalhar para buscar a vitória no sábado. Sabemos que podemos que melhorar e temos que melhorar bastante. Vamos ter foco, ter humildade e melhorar. Falta um jogo ainda e vamos em busca de ser campeão. Infelizmente fui muito afoito para a bola, acontece, faz parte, eu peço desculpa a torcida, levantar a cabeça, a oportunidade vai vir ainda e Deus vai me honrar e vou conseguir fazer o gol para essa torcida linda”, disse.

Os times voltam a se enfrentar no sábado (08), às 16h30, novamente em Pituaçu, quando será conhecido o Campeonato Baiano de 2020. O Esquadrão busca o 49º título e o tricampeonato seguido, enquanto o Carcará tenta levantar sua primeira taça. Quem vencer, é campeão, e um novo empate (por qualquer placar) leva a decisão para os pênaltis.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*