Volante do Vitória comenta sede única no Nordestão e jogos sem torcida

"Já tive essa experiência uma vez, em 2017 no Vasco", disse

Foto: Divulgação/E.C. Vitória

Visando a retomada das competições paralisadas pela pandemia do novo coronavírus e também o início do Campeonato Brasileiro da Série B, o Esporte Clube Vitória retornou aos treinamentos no CT Manoel Pontes Tanajura esta semana, cumprindo com rigor o protocolo de saúde para prevenção contra a Covid-19 e após realizada exames em todos os jogadores. Com passagens por Corinthians e Botafogo, o volante Jean, contratado no início do ano, comemorou a volta aos treinos presenciais.

 

“Feliz em estar de volta, voltar aos treinamentos. Vitória prezando pelos funcionários. Acredito que tem tudo para dar certo. Não posso responder pelos outros clubes, não sei como é a vida financeira deles, como estão reagindo. Sei do clube que estou, sei do compromisso que o clube vem tendo conosco. Acredito que a pandemia fortaleceu o Vitória de uma maneira muito grande. Trouxe uma união entre nós”, disse ao Site Globoesporte.

Jean também comentou sobre a escolha por sede única na Copa do Nordeste, mas preferiu não opinar sobre o melhor local. “É difícil dar opinião porque não sei o posicionamento do clube relacionado a isso. Minha opinião, se for pensar no caso de saúde, tem que ver os meios que tornam isso viável. Não sei se sou a favor de ser localizado em um local só. A gente tem que saber a posição do clube e vai respeitar a posição do clube”.

Em relação a ausência da torcida nos estádios por conta da pandemia, o jogador admite que fará muita falta. “É impossível falar que o futebol vai ser a mesma coisa sem a torcida. Sem o peso de nossa torcida. Acredito que tem tudo para dar certo. Falando de Vitória, acredito que pós-pandemia vai ser muito bom para nós. Vamos ter um tempo para trabalhar. Já tive essa experiência uma vez, em 2017 no Vasco. A gente jogou um jogo em São Januário contra a Chapecoense. Não é a mesma coisa. Sabemos que o torcedor vai estar em casa, de sua maneira nos apoiando. Através das redes do clube. Tem vários meios para o torcedor ficar mais perto da gente. Vai ser diferente. O torcedor pode ter certeza que nós vamos nos comprometer para honrar o escudo do Vitória, ter a mesma raça, a mesma determinação”.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*