“Estou subindo para ganhar meu espaço”, afirma atacante do Bahia

Gustavo disputou 7 partidas pelo time de aspirantes no Bainaão

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Titular com Dado Cavalcanti e um dos destaques do time de transição no Campeonato Baiano, o atacante Gustavo assinou novo contrato com o Esporte Clube Bahia, agora válido até 2022, e foi promovido ao elenco principal para disputas da Copa do Nordeste, Sul-Americana e Campeonato Brasileiro. O novo vínculo foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta quarta-feira (27). O jogador de 23 anos, revelado na base do Grêmio Osasco e com passagens por Nacional do Amazonas e Guarulhos, atuou em seis jogos no Estadual e marcou um gol. Em entrevista à TV Bahêa, Gustavo disse estar realizando um sonho.

 

“Estou muito feliz por estar realizando um sonho, agora que fez um ano desde que cheguei ao Bahia. Era uma vontade de não só jogar no sub-23, mas também fazer parte do time principal, disputar o Campeonato Brasileiro. Então, isso está sendo um sonho realizado. Fiquei feliz demais. Parece a sensação de quando o Diego Cerri me ligou, no ano passado. Isso tudo é fruto do meu trabalho. Agradeço a Deus, à comissão, ao presidente, pois temos muita coisa para dar alegrias ao Bahia”, falou.

“Estou subindo não só para compor elenco, mas para ajudar e dar conta do recado. Eu e os outros do sub-23 estamos subindo para agregar. Pouco a pouco vou pegando a confiança deles (jogadores mais experientes), eles me ajudando e eu ajudando a eles. Sei que eles vão mais me ajudar, pois eles têm uma história maior no futebol, a qual eu também espero ter. Estou subindo também para ganhar meu espaço que eu quero. Respeitando e sempre em prol do Bahia. Tanto eu, quando os outros jogadores sempre vão estar ajudando. Poder ser uma briga boa. Estarei por fora, mas querendo ocupar o meu espaço. Tenho um sonho, então quero realiza-lo. Tudo vai dar certo para mim e para o Bahia”.

Natural de São Paulo (SP), Gustavo Custódio dos Santos, de 23 anos, iniciou nas divisões de base do Grêmio Osasco. Acumula passagens também por Nacional-AM, Garulhos e Jequié. No Campeonato Baiano de 2019, atuou 8 jogos e marcou 2 gols vestindo a camisa do Jipão, chamando a atenção do Bahia que contratou o jogador para integrar a equipe de transição. Em 2019, disputou 15 partidas pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes e balançou as redes duas vezes. Esse ano, seguiu como titular do time de Dado Cavalcanti e jogou as 7 partidas do Campeonato Baiano antes da paralisação, marcando um gol.

ASSISTA À ENTREVISTA ABAIXO

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*