Após encaminhar venda de Clayson, Corinthians empresta meia à LDU

Sornoza aceitou reduzir o salário para voltar ao futebol equatoriano

Foto: THIAGO BERNARDES/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

O Corinthians segue se desfazendo dos jogadores que não fazem parte dos planos do técnico Tiago Nunes para a temporada 2020. Após vender Júnior Urso para o Orlando City, dos Estados Unidos, e encaminhar a ida de Clayson para o Esporte Clube Bahia faltando apenas os detalhes burocráticos depois de reunião entre atleta, empresário e seu advogado no último sábado, o Timão também acertou o empréstimo do meia Sornoza a com a LDU (Liga Deportiva Universitária de Quito), do Equador. O empresário do jogador, Bernardo Escansette, confirmou o acerto, que será de empréstimo por um ano com opção de compra. Falta apenas a realização dos exames médicos e a assinatura do contrato.

 

“Já temos um acerto verbal com a LDU e vamos honrá-lo. Entre clubes (Corinthians e LDU) também está ok. Meu sócio tratou diretamente com a LDU e estamos aguardando os contratos. Cada parte cedeu um pouco. A operação deverá ser concluída nos primeiros dias do ano (2020)”, disse o empresário.

Para voltar a jogar no Equador, sua terra natal, Sornoza aceitou reduzir o salário que ganha atualmente. Ele, inclusive, está de férias no Equador. O equatoriano disputou 48 jogos oficiais pelo Corinthians, marcou um gol e foi, ao lado de Clayson, o jogador que mais deu assistências nesta temporada (11). Mesmo sendo o garçom do time em 2019, o gringo terminou o ano no banco de reservas. O meia tem contrato com o Timão até o fim de 2022. Para o ano que vem, a camisa 7 antes usada por ele foi entregue para Luan, contratado do Grêmio.

Já o atacante Clayson está de malas prontas para desembarcar no Esporte Clube Bahia – que deve desembolsar R$ 3 milhões para adquirir 20% dos direitos econômicos do jogador. Atacante de lado de campo era uma das prioridades da diretoria, principalmente após saída de Artur, destaque da equipe em 2019, que retornou ao Palmeiras. No clube paulista desde 2017, Clayson foi tricampeão paulista e campeão do Campeonato Brasileiro em 2017, porém, viveu altos e baixos nesta temporada e esse ano foi bastante criticado pelo torcedor.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*