Mudança de nome do Estádio Rei Pelé para Rainha Marta divide opiniões

Assembleia Legislativa de Alagoas aprovou em 2ª votação a mudança

O Estádio Rei Pelé em Maceió (AL), carinhosamente apelidado de Trapichão, foi inaugurado no dia 25 de outubro de 1970, homenagem do então governador Lamenha Filho ao camisa 10 da Seleção, que havia conquistado naquele ano o tricampeonato mundial. O jogo de inauguração foi o amistoso entre Seleção Alagoana e Santos. Pelé atuou neste jogo, porém, o primeiro gol do estádio foi de autoria do santista Douglas. O Santos goleou por 5 a 0, com um público total de 42.326 espectadores. Após 48 anos, o estádio pode ser rebatizado com o nome de Estádio Rainha Marta, em homenagem a jogadora alagoana escolhida seis vezes como a melhora do Mundo e sempre presente no Rei Pelé para assistir aos jogos do CSA, seu clube de coração. A mudança causou polêmica e dividiu as opiniões.

 

Na última quinta, Assembleia Legislativa de Alagoas aprovou em segunda votação a mudança do nome do Estádio Rei Pelé, em Maceió, para Rainha Marta. O projeto de lei é de autoria do deputado Antonio Albuquerque (PTB), mas ainda há um caminho a seguir até a alteração ser definida. O deputado Sílvio Camelo (PV) apresentou uma emenda ao projeto de lei para que o principal estádio de Alagoas tenha os dois nomes: Rei Pelé e Rainha Marta. Esta emenda só vai ser votada na próxima semana e, depois da sessão, vai para sanção do governador de Alagoas Renan Filho, que pode aprovar ou vetar a mudança.

Se Renan não aprovar, o projeto volta para assembleia para os deputados analisarem o veto. Em 2008, um projeto idêntico, de autoria do deputado Temóteo Correia, foi vetado pelo então governador Teotônio Vilela. Na quinta-feira, 24 deputados estavam presentes na sessão e oito votaram contra, os deputados Davi Maia (DEM), Jó Pereira (MDB), Marcos Barbosa (Cidadania), Davi Davino Fiho (PP), Bruno Toledo (Pros), Galba Novaes (MDB), Cabo Bebeto (PSL) e Sílvio Camelo (PV).

Deixe seu comentário

2 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*