QUEM ENTERROU O BABA, OU NÃO? – Londrina 2 x 1 Bahia

"Os caras ontem estavam com os pés pesados"

Foto: Gustavo Oliveira /LEC

O Bahia jogou ontem com o Londrina e, como de costume, sentei do lado direito do sofá, coloquei o celular no braço direito, desliguei o ventilador e pedi a minha esposa para sentar ao meu lado. Se faltar um desses itens, é ruim para o Bahia. Ontem, a mulher demorou a sentar e o Bahia levou logo um. Peguei ar: “vem logo, mulher! Ò paê!”

Os caras ontem estavam com os pés pesados e quem entrou não conseguiu aproveitar a oportunidade. Vantagem de 4 gols, ressaca de título, viagem longa, estreia contra o Corinthians domingo… até eu tiraria o pé.

Nino, Douglas Augusto, Ramires, Artur Vitor, Arthur Caíke, Shaylon e Gilberto foram importantes em campo para fazer número e atrapalhar as jogadas adversárias – e as nossas, algumas vezes. Erraram quase tudo e só não digo tudo, porque posso ter esquecido de algum lampejo de vida que esses mortos deram.

 

Xandão? Qual o motivo desse cara ganhar a vaga de Everson ou qualquer outro zagueiro dos juniores? Vou nem estender as ideias, pra não perguntar por que Shaylon vem pra o Bahia com moral de craque e Artur Caculé vai pra o Londrina? Perguntei… Bruninho coloca os dois no bolso. Paulinho? Irei poupá-lo, porque mostra que pode algo, mas precisa de entrosamento – com tanta gente morta em campo. Ernando é um feijão com arroz sem sal, pra enganar a larica… Fernandão e Gregore jogam demais!

Anderson só não pegou o impossível! A mulher disse que o presepeiro fez cada defesa da zorra… se ela disse isso, quem sou eu para discordar. Salvou o time. Um goleiro um pouquinho pior colocaria nossa classificação em xeque. Eu nunca o critiquei. Minha mulher que fica dizendo que ele é presepeiro, e veste rosa pra aparecer mais, e devia colocar neon na roupa… eu nunca disse isso. Ontem, Anderson arrumou o baba.

Aí vem Roger e enterra o baba… A única mudança que surtiu um pouquinho de efeito foi a entrada de Flávio. Gritou demais, mas demonstrou de menos… Era pra colocar Gilberto no lugar de Douglas Augusto. Puxava Ramires pra jogar onde sabe – volante – e Artur Caíque pra posição que Ramires joga. Depois colocaria Shaylon no lugar de Artur Caíque, ou Flávio, sei lá… Fernandão não pode sair de campo. Quando saiu, a defesa do Londrina relaxou e o time foi todo pra frente. Não precisa ser com sofrimento.

Não podemos perder do Londrina, nem de ressaca… nem dormindo, mas me disseram que eles estavam relaxando a musculatura, pra correr dobrado domingo. Vamos pegar esse Corinthians estéril e começar bem o campeonato brasileiro. Levamos o trocadinho da Copa do Brasil e vamos torcer para pegar o Atlético-MG na próxima fase.

Luís César Padilha, torcedor do Bahia, amigo e colaborador do Futebol Bahiano.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*