Maior ladrão de bolas da Série A, volante do Bahia exalta companheiros

"Se não fosse o grupo não teria conseguido", disse

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Contratado junto ao São Carlos – clube do interior de São Paulo – após boa passagem pelo time Sub-23 do Santos, o volante Gregore chegou e não demorou para se firmar na equipe titular do Bahia. A titularidade tem fortes motivos. Um deles, a boa marcação. O jogador é o maior ladrão de bolas do Campeonato Brasileiro com 102 desarmes, segundo dados do site Footstats.

No entanto, Gregore não se apega muito a marca individual e faz questão de exaltar os companheiros do elenco tricolor. ELe conversou com a imprensa presente no Fazendão nesta terça-feira (13). Comemorou a marca alcançada, mas valorizou todo o elenco.

“Vi um pessoal que estava me marcando pelas redes sociais, fiquei bastante feliz pela marca. Mas não fico preocupado com marca individual. Se não fosse o grupo também não teria conseguido isso. Mas isso vem ajudando a equipe. Agradecer a Deus por me dar saúde todos os dias para fazer o que mais amo”, disse.

Gregore também falou sobre o duelo contra o Ceará. “Vai ser um jogo interessante porque são duas equipes que jogam bastante. Antes do Lisca também, o Ceará é uma equipe muito qualificada, competitiva, enfrentamos outras vezes. Temos que estar preparados para qualquer adversidade para buscar o triunfo”, comentou.

OUÇA A ENTREVISTA ABAIXO



 

 

LEIA MAIS

Deixe seu comentário