Jean era a primeira opção para bater pênalti no Bahia

Após o empate conquistado diante do Palmeiras, com dois gols marcados pelo atacante Edigar Junio, o segundo deles em cobrança de pênalti, o técnico Paulo César Carpegiani revelou que o batedor oficial de penalidades do Bahia é o goleiro Jean, assim estava certo, apesar de Edigar ter batido e convertido. Segundo o treinador, o arqueiro vem se destacando nos treinamentos e obtendo melhor aproveitamento em relação aos companheiros, seja pênalti ou falta, mas até o momento não teve oportunidade. No entanto, a decisão de quem bateria o penal contra o Alviverde foi dada ao capitão Renê Júnior.
Veja:
Jean, dentro desses cinco dias, foi o que melhor bateu pênalti. Ele estava na primeira relação. Falei com Renê que quem estivesse melhor, batesse. É o meu capitão. O próprio Renê deu a bola para o Edigar. Ele (Jean) bate bem. Ele estava na primeira relação, depois o Renê, depois o Edigar. Rodrigão veio dizer: “Pô, deixa que eu bato”. Falei que o capitão tem que ver. Se errar, ele tem o poder de decisão. Mas era uma ordem minha assim. Quem não estiver bem, o capitão vai ver quem está com o moral alto para bater o pênalti”

Deixe seu comentário

6 Trackbacks / Pingbacks

  1. hidden wiki address
  2. https://bizhub24.pl/forum/
  3. รักษาหลุมสิว
  4. 안전공원
  5. 바카라
  6. i99sure

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*