Kieza tira o coelho da cartola e Grafite rabisca novamente

De volta à elite, Santa Cruz é o grande destaque do Brasileirão 2016.

Encerrada a terceira rodada da Série A e o que se percebe é o equilíbrio entre as equipes, se comparado ao início dos últimos campeonatos, esse é o que começa mais acirrado, embolado, com muitas surpresas e ainda está longe de começar a separar os homens dos meninos. Para termos uma ideia, do primeiro colocado ao 15º a diferença é de 3 pontos. Apenas cinco clubes ainda estão invictos na competição: Santa Cruz, Internacional, Chapecoense, Grêmio e Figueirense (que curiosamente também não venceu). Outros cinco ainda não sentiram o gostinho da vitória: Figueirense, Sport, América-MG, Cruzeiro e Atlético-PR. O time que mais balançou as redes até o momento é o Santinha, com 10 gols, enquanto o Vitória, ao lado de Cruzeiro e Atlético-PR, tem a defesa mais vazada com 7 tentos. Em contrapartida, o Grêmio tem a melhor defesa, diria impecável, único time que ainda não levou gol na competição. 


O grande destaque é sem dúvidas o surpreendente Santa Cruz que retornou à elite após longos 10 anos e vai de vento em popa neste início de campeonato. Na quarta-feira, fez outra vítima no Arruda, sobrou para o agora vice-lanterna Cruzeiro, uma vitória maiúscula por 4 a 1 com dois do artilheiro isolado do Brasileirão, Grafite, que ‘rabiscou’ outra vez, chegou ao terceiro jogo consecutivo marcando 2 gols, já soma 6 no total e de quebra viu o Santinha assumir a liderança com 7 pontos empatado com o vice-líder Grêmio que passeou no Independência e bateu sem dó nem piedade no Atlético-MG por 3 a 0, e o 3º colocado Internacional que “à la Bahia” venceu o Sport por 1 a 0 com gol chorado marcado pelo lateral Renê (contra), chegou também aos 7 pontos e mandou o Leão da Ilha para o Z-4. 

Apontado como um dos fortes candidatos ao título do Brasileirão, o Palmeiras derrotou o Fluminense por 2 a 0 no Allianz Parque, chegou aos 6 pontos e assumiu a 4ª posição. Além do Santa, outra grata surpresa é a Chapecoense que vem dando trabalho aos grandes e depois de empatar sem gols com o Inter no Beira Rio na estreia, ficou no 2 a 2 com Flamengo lá no Rio de Janeiro, se manteve invicto e pulou para 5º com 5 pontos. Já o Vitória voltou de BH com 1 pontinho comemorado na bagagem. O Leão saiu atrás no marcador diante do América-MG e viu ainda o lateral Norberto ser expulso, mesmo assim foi persistente e buscou o empate por 1 a 1 com Kieza tirando o “coelho” da cartola nos minutos finais e colocando o Leão na 14ª posição, enquanto o time mineiro caiu para 18º e ainda não sabe o que é vencer.


No Itaquerão, o Corinthians descontou a derrota sofrida para o Vitória na rodada passada em cima da Ponte Preta. O Timão fez valer o fator casa, venceu por 3 a 0 sem contestações o time pontepretano e saltou para 5º com 4 pontos. No Couto Pereira, o São Paulo bombardeou o Coritiba os 90 minutos, mas parou no paredão da rodada, o goleiro Wilson, ex-Vitória, que pegou até pensamento, mas acabou vazado e viu o Coxa ficar no empate em 1 a 1 com o time do Morumbi. O Botafogo finalmente somou seus primeiros 3 pontos ao vencer o Atlético-PR por 2 a 1 no Rio de Janeiro, enquanto isso, Figueirense e Santos ficaram no empate em 2 a 2 jogando em Santa Catarina. A 4ª rodada tem início neste sábado com três jogos e destaque para o confronto das ‘surpresas’, Chapecoense e Santa Cruz, que se enfrentam em Santa Catarina em duelo valendo a liderança. 

VEJA TODOS OS JOGOS DA 4ª RODADA DA SÉRIE A:

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. concrete polishing
  2. friv.run/

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*