A Bastilha Tricolor em ruínas

Hoje o Torcedor do Bahia muito mais do que ter entrado no Fazendão e tomado posse do que é de direito e lhe pertence. Percebeu a fragilidade dos dirigentes que teimam em querer mandar no clube apequenado pela presença dos mesmos.

A covardia demonstrada aliada ao medo de olhar nos olhos dos torcedores que pacificamente apenas e tão somente pediam DIRETAS JÁ, nos fez ver que não podem de forma alguma dirigir uma Nação. A covardia do “eterno” dono e do presidente foi evidente, pois enquanto o povo estava no fazendão os mesmos se escondiam na sede de praia e via telefone passava às coordenadas aos prepostos que se faziam representar.

Os dirigentes do Bahia mostraram claramente que não querem a torcida ao lado do Clube e sim à margem de qualquer coisa que venha a ser associado ao Esporte Clube Bahia. Apenas e tão somente querem que o torcedor pague o ingresso e financie o desmando e desmantelo do Tricolor.

A Bastilha está em ruínas e o Bahia clama pela presença dos torcedores, mas infelizmente esta luta está somente começando embora com tantos anos de luta. O primeiro verdadeiro passo foi dado e o torcedor amadureceu politicamente.

O que quer que venha a acontecer e até que a DIRETA JÁ chegue a qualquer tempo ou neste momento o que podemos afirmar é que a torcida mudou e mudou para a melhor.

Parabéns Torcedor Tricolor.Edmilson Gouveia Conclusão

O protesto da torcida Tricolor nesta quarta-feira (11), no Fazendão, surtiu efeito. A diretoria aceitou o clamor do protesto e avisou que o clube terá eleições diretas. Amanhã (12) por volta das 11h30m no centro de treinamento do Bahia, uma reunião deverá selar o acordo entre a torcida e os cardiais. Os opositores querem direito a voto já na próxima eleição, enquanto a situação quer apenas nas eleições de 2011 – Éder Ferrari do Bahia Noticia –

Deixe seu comentário

5 Trackbacks / Pingbacks

  1. dicke frauen ficken
  2. boxing legends
  3. 홀덤
  4. his response
  5. die cuts

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*