Elias Borges lamenta: “dava para marcar mais”

O Vitória da Conquista amansou o Leão nesta quinta-feira e pôs uma das patas do Bode no título do Campeonato Baiano. O placar de 3 a 1 diante do Rubro-negro, no Sudoeste Baiano, trouxe a liderança do quadrangular decisivo há uma rodada do fim do estadual.

Ora dispersos e de joelhos sobre o gramado, ora abraçados e entusiasmados em frente aos torcedores, os atletas do Alviverde comemoravam o triunfo e a iminência da conquista inédita do Campeonato Baiano, que se tornará realidade vencendo o Bahia, em Camaçari.

Mais racional, ao término do jogo, o técnico Elias Borges analisou o comportamento da sua equipe durante o confronto de hoje. “Fomos melhores o jogo inteiro. Poderíamos ter saído daqui com mais gols marcados”.

A confirmação da freguesia não poderia vir em melhor hora. Em quatro jogos entre as duas equipes neste Campeonato Baiano, duas vitórias do Bode e dois empates, ambos no Barradão. Sagrar-se campeão sem a necessidade de outros resultados significa vencer o Bahia pela primeira vez no estadual. Em três partidas, duas vitórias do Tricolor e um empate.Rafael Sena – Portal Futebol Baiano
“Bahia vai fazer o dever de casa contra o Conquista”, diz Rogério

Em meio a toda a tristeza causada pela derrota de ontem por 3 a 0 para o Itabuna, o zagueiro e capitão Rogério tomou a palavra do grupo de jogadores do Bahia. Abalado, o jogador afirmou que os atletas não desistiram da luta pelo título estadual. Rogério lembrou que o Bahia tem chances claras de conquistar o campeonato e que vai sim fazer “o dever de casa” contra o Vitória da Conquista, no domingo, em Camaçari.

Em seu discurso, o zagueiro afirmou que o Itabuna tem condições de empatar ou até mesmo vencer o Vitória no Barradão. Caso isso aconteça, um simples triunfo do Bahia em Camaçari colocaria um fim ao jejum de sete anos sem conquistar o título do Campeonato Baiano.

Também bastante abatido, o técnico Paulo Comelli pediu desculpas ao torcedor do Bahia. Se dizendo envergonhado, o treinador afirmou que esperava um empate. “Estou envergonhado, muito chateado pelo que fizemos hoje. Foi uma das piores partidas que fizemos. Peço desculpas à torcida do Bahia, que espera há tanto tempo por um título”, declarou.

O Bahia voltou à cidade de Ilhéus ainda na noite de ontem. O clube vai continuar hospedado no Hotel Aldeia da Praia. Hoje pela manhã, os jogadores farão um treinamento na praia e retorna a Salvador somente ao meio-dia.

Para a partida decisiva, no domingo, o técnico Paulo Comelli não poderá contar com o lateral-direito Fábio e com o meia Rivaldo. O lateral sofreu um estiramento na coxa e vai desfalcar a equipe. Já o meia recebeu o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão. Por outro lado, o treinador terá o retorno dos zagueiros Marcone e Fausto. Os dois foram expulsos no Ba-Vi e cumpriram suspensão automática no jogo de ontem. Com informações da Tribuna da Bahia

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*