Estrelão é show!!!

Empurrando por sua fanática torcida, Rio Branco bate neste domingo o Bahia por 3 a 2, na Arena da Floresta, derruba a invencibilidade do tricolor baiano na 3ª fase e aumenta suas chances de classificação à próxima fase da Série C do Campeonato Brasileiro.

Buscando seguir com chances na disputa do grupo 25, o Rio Branco foi ao ataque. Mas quem chegou com perigo primeiramente foi a equipe adversária. Aos cinco, o Bahia chega com perigo. Charles passa para Nonato que avança e toca na saída de Marcus Vinícius, mas a bola vai para fora. Dois minutos depois, Nonato tem nova oportunidade, mas acaba desperdiçando a nova chance.

Aos 10, Charles recebe em velocidade, dribla Ismael e finaliza, mas Preto não chega a tempo, desperdiçando a chance de abrir o placar. Aos 13, o Rio Branco responde. Em cobrança de falta, Testinha levanta na área e Ico cabeceia para fora, assustando o goleiro Márcio. Aos 20, Juliano César recebe dentro da área e passa para Neném, na lateral, que levanta na área, mas o goleiro Márcio chega antes do atacante Marcelo Braz. Aos 34, Testinha realiza grande jogada e passa para Juliano César que na saída do goleiro Márcio, deu um toque por cima do arqueiro do Bahia, mas perde a oportunidade de abrir o placar. Aos 43, após se segurar diante da pressão do time da casa, o Bahia saiu em rápido contra-ataque. Nonato lança Preto, que levanta na área para Moré, que finaliza para o fundo das redes, abrindo o placar para o tricolor baiano.

Para a segunda etapa, o técnico João Carlos Cavalo promove uma alteração ousada. O lateral Rafinha sai para a entrada do meia-atacante Doca Madureira. Mas mesmo assim quem chega primeiro com perigo é o Bahia. Logo a um minuto de jogo, Carlos Alberto finaliza, mas Marcus Vinícius realiza grande defesa.

Aos 7, o Rio Branco chega ao empate. Testinha e Marcelo Braz tentam e a bola sobra para Juliano César que finaliza no canto do goleiro Márcio. Um minuto depois, o Estrelão vira. Marcelo Braz recebeu a bola dentro da área, finalizou no canto, fazendo a festa do torcedor acreano. Aos 22, Doca Madureira avança em velocidade e finaliza, mas Márcio realiza grande defesa, colocando para escanteio. Aos 34, o árbitro goiano Marcos Rassi Fernandes assinala a marcação de um pênalti duvidoso, o que provoca a ira do torcedor acreano. Na cobrança, Nonato empata a partida. Aos 39, Testinha é substituído por Garanha. Um minuto depois, o árbitro goiano Marcos Rassi Fernandes assinala um pênalti duvidoso para o Estrelão. Na cobrança, Ley coloca novamente o Rio Branco em vantagem. Aos 45, Nonato tem a chance de empatar a partida. O atacante recebe livre, mas bate para fora. Aos 47, o goleiro Marcus Vinícius cai machucado em campo. Nervoso, o atacante Nonato chuta a bola em cima do arqueiro do Rio Branco e é expulso.

Com o resultado, o Rio Branco chegou aos seis pontos e segue na terceira posição. Já o Bahia permanece com sete pontos, na vice-liderança do grupo 25.

Na próxima quarta-feira, o Rio Branco viaja até Itacoatiara para enfrentar o Fast Clube, no estádio Floro de Mendonça. Já o Bahia viaja até Natal para encarar o ABC-RN, no estádio Frasqueirão.

Ficha Técnica

Rio Branco 3 x 2 Bahia

Local: estádio Arena da Floresta (em Rio Branco-AC);

Árbitro: Marcos Rassi Fernandes (GO);Auxiliares: Wilson Gonçalves Aquino (RO) e Moacir Osterne da Cruz Filho (RO);

Gols: Moré aos 43’ do 1º; Juliano César aos 7’, Marcelo Braz aos 8’, Nonato aos 35’ e Ley 42’ do 2º;

Cartões Amarelos: Ico, Ismael, Juliano César, Neném e Zé Marco (Rio Branco); Alisson, Eduardo e Humberto (Bahia);

Expulsão: Nonato (Bahia-BA);

Bahia: Márcio; Carlos Alberto, Alisson, Eduardo e Adílson; Humberto, Fausto, Preto (Ávine) (Danilo Gomes) e Cleber; Nonato e Charles (Moré).

Técnico: Arturzinho.

Rio Branco: Marcus Vinícius; Ley, Ico, Rodolfo (Marquinhos) e Rafinha (Doca Madureira); Zé Marco, Ismael, Neném e Testinha (Garanha); Marcelo Braz e Juliano César.

Técnico: João Carlos Cavalo.

Futeboldonorte.com

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*