Ta demasiadamente sofrido

Eu, por mim, ta decidido! Se o tricolor não passar pelo ABC, fazendo o jogo com o FAST apenas pra decidir a seu bel prazer qual a colocação que mais lhe favorece, estarei desde já, fazendo o que já há algum tempo venho matutando. Paro de vez de ler, ouvir ou mesmo assistir jogos de futebol, doravante me dedicarei a outras atividades de lazer, já que esta está mais para agonia. Assim me confessou seu Osmar, velho tricolor de guerra, decepcionado e já sem esperança.

Disse mais: Nunca fui de perder a esperança com facilidade, sou daqueles que mesmo na adversidade, relevo como sendo tudo parte do crescimento, mas com o Bahia, já está demasiadamente sofrido. Vai ser preciso que santos desça dos céus pra botar ordem neste amaldiçoado Clube. Tudo indica foi praga.

Tudo parecia correr normalmente, quando de repente, nota-se uma má vontade insuportável, problemas de grupo aparecem, uma ora é pagode em excesso, outra ora é má vontade pra treinar, expulsões gratuitas, menino vestindo roupa de homem e entregando a rapadura só pra rebolar. Desde o jogo anterior que o garoto Eduardo deu sinais de ainda não estar maduro para vestir o manto tricolor de forma absoluta. É bom de bola, tem futuro, mas precisa ser mais bem instruído. Pintou de chuteiras verde cana e ninguém sequer lhe repreendeu! como pode! Zagueiros, quase sempre têm que cutucar aqui e ali os atacantes e o cara calça chuteiras que o denuncia ao arbitro e ninguém o adverte desse inconveniente. Quem joga na zaga tem que usar chuteira é preta, discreta e não calçados espalhafatosos que o denuncia facilmente e ainda, tome-lhe pedalada, bicicleta próximo à grande área, rebola daqui, rebola dali. Pronto! Azedou de vez. Tem jeito não!

Para o jogo de Natal, partida de vida ou morte para o tricolor, não vai ter Nonato, expulso infantilmente na Arena da Floresta. Charles também fica de fora por contusão nas costelas. Para substituí-los tem: More, jogador inconstante, dá uma no cravo outra na ferradura. Edney completamente sem ritmo de jogo e insatisfeito, certamente não vai colaborar com Artuzinho. Harley, esse veio pra sacanear mesmo! Nem treinar quer mais. Deve estar nas “barcas” de Salvador e de olho na Barraca do Pai na Feira de São Joaquim, de onde jamais deveria ter saído, vai de temporada em temporada, jogar nos Clubes do interior ou nos Intermunicipais da vida, só pra curtir, não é profissional. Amaury, esse parece uma gazela assustada, corre, corre e só.

Como disse antes, Artuzinho, infelizmente, apesar de ser um trabalhador, dedicado e de boas intenções, não tem a virtude de agregar e sempre termina metendo os pés pelas mãos, por isso que nunca conclui seus projetos. Em passando o Bahia pelo ABC, nesta próxima quarta feira, o que já duvido um pouco, é melhor substituí-lo logo ou o Bahia vai amargar mais uma decepção e dessa vez, se ocorrer, não tem volta.

E agora! O que fazer?

Rui Carvalho
ruicarvalho@atarde.com.br

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*