Meia do Ceará pede desculpas à torcida e cita erros que levaram ao rebaixamento

"Não foi nesse jogo que a gente caiu. Já vem no decorrer (do ano) muitas falhas", disse.

Foto: Wilton Hoots/Ceará SC

O Ceará foi derrotado pelo Avaí, por 2 a 0, na quarta-feira, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC), e amargou o rebaixamento para o Campeonato Brasileiro da Série B com uma rodada de antecedência. Restando apenas mais um jogo para disputar, o Ceará estagnou na 18ª colocação, com 34 pontos, quatro a menos do que o Cuiabá, que nem entrou em campo ainda. Desta forma, o Vozão não tem mais chances de escapar da degola, e se junta a Avaí e Juventude. O time cearense retorna para Série B após cinco anos. Em entrevista após o jogo, o meia-atacante Lima pediu desculpa ao torcedor.

 

“Não foi nesse jogo que a gente caiu. Já vem no decorrer (do ano) muitas falhas. Infelizmente aconteceu. Agora vamos descansar, refletir o que foi esse ano. Muitas coisas erradas tanto dentro quanto fora de campo, mas é levantar a cabeça e pensar em 2023, para gente voltar forte para a Série A depois”, disse.

Lima citou as eliminações do início do ano e a saída do técnico Dorival Júnior para o Flamengo como determinantes para a queda de rendimento do time na temporada.

“Eliminações do Cearense, Copa do Nordeste. Depois a chegada do Dorival, depois a saída, creio que sentimos bastante. Não conseguimos reerguer o elenco e veio as derrotas e infelizmente aconteceu esse rebaixamento. A gente sabe que tem uma grande equipe, o elenco que temos não era para estarmos nessa situação, mas é levantar a cabeça e pedir desculpas”, finalizou.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário