Ex-Bahia, Vina deixa campo chorando após rebaixamento do Ceará

O sentimento de tristeza, no entanto, tomou conta não só do camisa 29.

Foto: Reprodução/Premiere

Nesta quarta-feira (09), o Ceará perdeu para o Avaí por 2 a 0 no Estádio da Ressacada e amargou o rebaixamento para a Série B do Brasileiro após cinco anos. Após a queda, os jogadores do Vozão ficaram desolados, entre eles o meia Vina, principal nome da equipe nas últimas temporadas. O jogador, com passagem pelo Bahia, deixou o campo chorando bastante e foi consolado por atletas também do Avaí.

 

Vina teve grande destaque no Ceará em 2020, com 23 gols e 19 assistências no ano. No entanto, na temporada seguinte, marcou 11 vezes e deu seis assistências. Na atual temporada, soma 12 gols e 5 passes decisivos. O último gol de Vina pelo Ceará foi na rodada 29 do Brasileirão, contra o América-MG. O meia tem contrato com o Vovô até o fim de 2024.

Natural de Curitiba, Vina foi revelado no Paraná, e acumula passagens por Coritiba, Joinville, Tupi, Londrina, Esportivo, Náutico, Fluminense, Athletico-PR. Contratado pelo Bahia em 2017 após passagem conturbada pelo Furacão, Vina despontou na segunda temporada vestindo a camisa do Bahia, em 2018. Foi um dos destaques na conquista do Campeonato Baiano ainda com Guto Ferreira, porém, com a chegada do técnico Enderson Moreira, perdeu espaço e acabou não tendo seu contrato renovado. No total, foram 87 jogos e marcou 16 gols marcados. Após deixar o Esquadrão, teve uma passagem apagada pelo Atlético-MG antes de chegar ao Ceará, onde viveu seu melhor momento na carreira, sendo o craque da Copa do Nordeste, artilheiro e líder em assistências do Vozão na temporada 2020, além de melhor meia do Brasileirão.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário