Diretor do Vitória é suspenso pelo TJDF-BA por confusão no Ba-Vi Sub-15

A decisão foi da 3ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJDF-BA).

Foto: Divulgação | EC Bahia

O diretor da base do Esporte Clube Vitória, Thiago Noronha, foi suspenso por 60 dias por confusão na final do Campeonato Baiano Sub-15. O dirigente invadiu o campo e foi em direção ao meia-atacante Roger, do Bahia, de forma agressiva. A 3ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJDF-BA) também multou o diretor em R$ 4 mil. Ele foi julgado com base nos artigos 243-C (ameaça), por 60 dias e R$ 8 mil de multa, e 258-B (invasão de campo), por mais 60 dias.

 

“Informo que no intervalo de jogo, o diretor da divisão de base do Esporte Clube Vitória, o senhor Thiago Noronha invadiu o campo de jogo em direção ao atleta número 09 da equipe do Esporte Clube Bahia, o senhor Roger Gabriel Farias de Jesus, que estava de costas, se dirigindo para seu banco de reservas. O diretor Thiago Noronha do Esporte Clube Vitória, de forma incisiva e contundente, colocou o dedo em riste na direção do rosto do atleta supracitado, que não tinha nenhuma forma de se proteger naquele momento, causando um maior tumulto generalizado entre as comissões técnicas e jogadores, tendo que ser contido por sua comissão técnica e logo após tendo uma intervenção por parte da polícia militar, impactando o tempo de intervalo e descanso dos atletas”, escreveu o árbitro Marcelo de Jesus dos Santos na súmula.

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário