Goleiro do Palmeiras defende convocação de Daniel Alves para a Copa

"É a performance no clube, treinamento, convivência na Seleção", disse.

Foto - Franklin Jacome/Getty Images

O principal questionamento da convocação do técnico Tite para a disputa da Copa do Mundo do Catar foi a presença do lateral-direito Daniel Alves na lista. Aos 39 anos, o jogador não vive uma boa fase no Pumas, do México, não vinha jogando e disputou apenas 12 jogos na temporada. Logo após o anúncio, muitos torcedores e jornalista criticaram a convocação do lateral-direito. No entanto, o goleiro Weverton, do Palmeiras, que também foi chamado por Tite, saiu em defesa do baiano e destacou a importância de Daniel Alves para o grupo.

 

“É a performance no clube, treinamento, convivência na Seleção, vestiário e o Tite preza muito pela convivência. O pouco que conheci do Dani Alves é um líder, um cara que cuida bem do vestiário e isso conta muito. Ele convoca 26 jogadores, quem não joga naquele momento está ali no vestiário dando uma palavra de incentivo, ajudando no trabalho do dia a dia. O Tite é muito detalhista e cobra muito o melhor momento. Quando ele fala como um todo, é porque é cara de grupo, que treina muito, se dedica muito e na minha opinião merece esse momento também”, afirmou durante entrevista ao “Bem, Amigos!”, do SporTV.

Um dos destaques do Palmeiras nas últimas temporadas, conquistando duas Copas Libertadores, uma Copa do Brasil, e um Campeonato Brasileiro, o goleiro Weverton foi convocado junto com Alisson, do Liverpool, e Ederson, do Manchester City. Essa será a primeira Copa do arqueiro.

“Foi um dia muito especial, estava muito nervoso nessa hora. Foi um grito de desabafo por toda a trajetória, não sonhava em ser goleiro, queria ser atacante. É minha primeira Copa, é algo difícil de explicar, uma mistura de emoções”, contou. “Penso em ajudar da melhor forma possível, no futebol tudo pode acontecer. Se você vai com o pensamento de que não vai jogar, a chance passa e você acaba perdendo a oportunidade. Todos os 26 jogadores vão com o pensamento de jogar, é estar preparado para o Tite decidir”, disse.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário