Daniel fala sobre futuro no Bahia após venda da SAF para o Grupo City

O camisa 10 tem contrato com o clube baiano até o final de 2023.

Foto: Divulgação / EC Bahia

Apesar de ter contrato com o Esporte Clube Bahia até o final da temporada 2023, o meio-campista Daniel ainda não sabe qual será o futuro por conta da negociação para a venda da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) ao Grupo City. A proposta está sendo analisada pelo Conselho Deliberativo e no dia 10 de dezembro será levada para votação dos sócios-torcedores. Se aprovada, o conglomerado assume a administração do clube e vai injetar um aporte de R$ 1 bilhão durante 15 anos. Com isso, haverá uma grande reformulação, especialmente no elenco. O camisa 10 tricolor acredita que os sócios vão votar “sim” para a oferta e disse que ficará feliz se fizer parte dos planos.

 

“Tenho contrato com o Bahia até o final da temporada seguinte, então minha casa está exclusivamente no Bahia. Sabemos que vai mudar, não tem como votar não. A maioria vai dar sim. Então, temos que ver quem vai administrar o clube para depois saber se faço parte dos planos ou não. Se eu fizer, vou ficar muito feliz de estar de volta e representando o Bahia”, comentou.

Daniel revelou que o elenco já sabia da proposta do Grupo City muito tempo antes da notícia sair na imprensa. “Muitos acharam que a gente só ficou sabendo no final do ano quando saiu a notícia, mas a gente já sabia desde o começo da Série B, muito antes de tudo. Já tinha participação de pessoas do Grupo viajando com a gente. Então, encaramos da melhor forma possível. Sabíamos que todos os jogadores tinham a missão de botar o Bahia de volta na Série A para o clube poder seguir esse rumo que com certeza tenho bastante confiança que será só coisas boas para o clube”, finalizou.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário