Bahia e Vitória lamentam o falecimento da cantora Gal Costa

Ela havia dado uma pausa em shows, após passar por uma cirurgia para retirar um nódulo na fossa nasal direita.

Foto: Adriana Spaca/Brazil Photo Press via AFP/Arquivo

Morreu na manhã desta quarta-feira (09) a cantora Gal Costa, aos 77 anos, um dos maiores nomes da música popular brasileira. Ela havia dado uma pausa em shows, após passar por uma cirurgia para retirar um nódulo na fossa nasal direita. Natural de Salvador, a artista ficou eternizada com clássicos da MPB como “Baby”, “Meu nome é Gal”, “Chuva de Prata”, “Meu bem, meu mal”, “Pérola Negra” e “Barato total”. Através das redes sociais, Bahia e Vitória lamentaram o falecimento da cantora. Torcedora do Tricolor, Gal gravou o hino do clube, no CD “Doces Bárbaros Bahia”, lançado em 2000.

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário