Streaming da China compra direitos de transmissão do Brasileirão

O acordo foi assinado pela 1190 Sports, que negocia os direitos internacionais das Séries A e B.

Foto: Lucas Figueiredo

O Campeonato Brasileiro acertou a venda dos direitos de transmissão para a streaming chinês K-Ball, subsidiária da China Sports Media. O acordo já começa a valer a partir da próxima rodada da edição atual e vai até o fim da temporada 2023. A 1190 Sports, que negocia os direitos internacionais das Séries A e B, foi a responsável por sacramentar o acerto, de acordo com informação divulgada pelo ‘Mkt Esportivo’.

 

O streaming chinês terá direito de transmitir partidas ao vivo por rodada, com narração e comentários feitos pela equipe da K-Ball. Além do Brasileirão, o K-Ball detém os direitos da -League japonesa, a K-League sul-coreana, a A-League australiana, a Bundesliga 2 (segunda divisão do futebol alemão) e a Major League Soccer (MLS).

A última vez que o Brasileirão foi exibido na China foi em 2017, com a antiga proprietária dos direiros LeSports. Vale frisar que o Brasileirão já é transmitido no Oriente Médio, norte da África e Polônia.

Deixe seu comentário

Autor(a)

21/09/2022 às 15h00

Fellipe Costa

Redator e Administrador do Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*