Seleção Brasileira investe em anel inteligente para ajudar jogadores

Anel inteligente ajudará no controle do sono e na aceleração da recuperação dos atletas

Foto: Bruno Cassucci

A proximidade da Copa do Mundo está perto e dentre as características dela está o período curto de duração. Desta vez, o Mundial abarcará somente 28 dias, com menos tempo de descanso e recuperação para os atletas entre um jogo e outro. Dessa maneira, a comissão técnica e médica da seleção brasileira utilizará um instrumento especial para influenciar na recuperação física dos jogadores e no sono de cada um. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) optou por apostar em um anel inteligente.

 

“Dormir é fundamental para a recuperação, para a liberação de hormônios importantes para a reconstituição muscular e o reequilíbrio mental e cognitivo dos atletas”, explica Guilherme Passos, fisiologista da Seleção, em entrevista ao site ge.globo.

“O ideal é que o jogador passe por todas as fases do sono, que são: leve, moderado, profundo e REM (“Rapid Eye Movement”, que em português significa movimento rápido dos olhos)”, acrescenta.

O objeto é de porte pequeno e leve, e possui sensores no trecho interno, que analisam questões como a frequência cardíaca e temperatura corporal. Os atletas convocados com frequência levaram o anel para casa para adaptação enquanto estão em suas equipes.

“O anel me obrigou a ser mais disciplinado. Nunca dormi mal, mas, com a rotina, a gente não consegue controlar tanto. Agora tenho a disciplina: “Ah, essa noite sei que dormi oito horas no mínimo”, que é ideal. “Essa noite dormi sete, preciso melhorar, me organizar melhor para levar os filhos na escola”. Comecei a me organizar e isso me ajuda no dia a dia, no trabalho. É importante acordar saudável e bem para ir treinar, estar disposto no dia a dia. Me acrescentou muito”, explica Fred, do Manchester United, ao site.

Deixe seu comentário!

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. Com 3 ausências, Vitória fecha preparação em Salvador para pegar o Paysandu
  2. Bahia será segundo maior investimento do Grupo City, diz site
  3. 24 clubes já se tornaram SAF no futebol brasileiro; Confira a lista

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*