24 clubes já se tornaram SAF no futebol brasileiro; Confira a lista

No Brasil, já são 25 clubes que se transformaram, vários deles contemplando ex-jogadores.

Quality Sport Images/Getty Images

O período da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) começou com tudo no futebol brasileiro. A grande ascensão ao atual modelo administrativo, que busca renovar o patamar de vários clubes grandes do futebol brasileiro, como o Cruzeiro, Vasco e o Botafogo, pode compreender, posteriormente, a junção do Esporte Clube Bahia, que tem negociações avançadas com o Grupo City e aguarda apenas o aval do Conselho Deliberativo e posteriormente dos sócios para ser aprovada. Atlético-MG e Fluminense também estudam a SAF. América-MG e Coritiba já criaram suas SAFs. Outro interessado no modelo é o Athletico-PR.

 

No Brasil, já são 24 clubes que se transformaram, vários deles contemplando ex-jogadores que marcaram historia no futebol nacional como gestores. É o caso da Raposa, de Ronaldo. Dono do Valladolid, da Espanha, o ex-atacante do Corinthians inaugurou a era das SAFs no país. O investimento concretizou ótimos resultados. Acima de tudo, a equipe mineira saiu de uma dívida de R$ 1 bilhão, afundado na Série B, para emplacar 99,9% de chances de retornar à elite do futebol nacional, somente até a 25ª rodada da competição.

“Me sinto honrado por poder liderar o processo de reconstrução do clube. A torcida, mercado e demais stakeholders podem ter certeza que não descansaremos até implementar amplamente um modelo de gestão eficiente, ético e que traga sucesso desportivo”, disse Ronaldo, quando da assinatura do contrato que garantiu 90% do futebol do Cruzeiro.

Ídolo de Porto, Barcelona e Fluminense, o ex-meia Deco oficializou a parceria que já tem há anos com o CSP, da Paraíba. “Temos que respeitar o DNA do CSP, que é um clube formador. Sempre revelou jogadores. O nosso objetivo é conseguir aumentar isso em capacidade, em qualidade”, disse.

Além deles, o ex-meia Palhinha (ex-São Paulo e Cruzeiro e de grande sucesso na década de 90) foi um dos fundadores do Boston City, de Minas Gerais; e Perdigão, volante com passagens por Inter e Vasco, é o dono do P8 Futebol Clube, no Paraná. Apesar de ainda não ser SAF, o lateral Marcelo segue no mesmo caminho de gestor, sendo um dos investidores do Azuriz, também do Paraná, que este ano disputou pela primeira vez uma competição nacional, chegando à terceira fase da Copa do Brasil, sendo eliminado pelo Bahia.

Veja abaixo a lista de clubes que já viraram SAFs:

AC

SANTA CRUZ ACRE ESPORTE CLUBE S.A.F.

DF

GAMA SOCIEDADE ANÔNIMA DE FUTEBOL

GO

CENTRO OESTE FUTEBOL CLUBE SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL

MG

BOSTON CITY FUTEBOL CLUBE BRASIL S.A.F
A.C. ESPORTES S.A.F.
AMÉRICA FUTEBOL CLUBE SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL
CRUZEIRO ESPORTE CLUBE – SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL
ITABIRITO SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL

MT
CUIABÁ ESPORTE CLUBE – SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL
NOVO MIXTO ESPORTE CLUBE – SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL

PB

CENTRO SPORTIVO PARAIBANO – CSP S.A.F.

PE

FLAMENGO SPORT CLUB DE ARCOVERDE SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL

PR

MARINGÁ FUTEBOL CLUBE S.A.F.
PARANÁ CLUBE – SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL S.A.F.
CORITIBA SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL
KRAKATUA FUTEBOL – SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL
P8 FUTEBOL – SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL

RJ
S.A.F BOTAFOGO
MIGUEL PEREIRA ESPORTE CLUBE – SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL
VASCO SAF

RN
CLUBE LAGUNA SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL

RS
CLUBE FUTEBOL COM VIDA S.A.F.

SC
FIGUEIRENSE FUTEBOL CLUBE S.A.F
HERCÍLIO LUZ FUTEBOL CLUBE S.A.F.

SP

PINDA FUTEBOL CLUBE SOCIEDADE ANÔNIMA DE FUTEBOL

 

 

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*