2% dos clubes que passaram pela Série D chegaram à Primeira Divisão

Dados são comprovados pela consultoria Convocados, em parceria com a XP

A campanha de ascensão da última divisão nacional para a elite do futebol brasileiro tem se mostrado dolorosa aos times locais. Somente 2% dos clubes que já enfrentaram a Série D Campeonato Brasileiro alcançaram a Primeira Divisão posteriormente. Os dados são do relatório feito pela consultoria Convocados, em parceria com a XP, e publicado oficialmente no último mês.

 

Mediante um recorte de 267 agremiações que disputaram a Quarta Divisão desde 2009, ano em que ocorreu a primeira edição do torneio, somente seis clubes alcançaram à elite. No mais, 47 chegaram à Terceirona e outros 22 até a Série B. Chapecoense (2014), Joinville (2015), Santa Cruz (2016), CSA (2019), Cuiabá e Juventude (2021) ascenderam a etapa mais disputada do certame nacional. Desses, apenas a Cobra Coral e o JEC realizaram o bate e volta. Por outro lado, apenas o Alviceleste conquistou o feito de ter alcançado três acessos seguidos, da Série D até a Série A de 2016 a 2019.

“Como nossa divisão de entrada não é em formato de pontos corridos, e respeita apenas parcialmente as características regionais de um país tão desigual, o número de clubes que entre no sistema e chega à Primeira Divisão é muito pequeno, o que aumenta o risco para o investidor na base da pirâmide”, cita o documento.

Autor(a)

07/08/2022 às 16h10

Pedro Moraes

Jornalista, formado pela Universidade Salvador (Unifacs). Possui passagens em vários ramos da comunicação, com destaques para impresso, sites e agências de Salvador e São Paulo. Contato: [email protected]

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*