Projeto Negro Muro homenageia o ex-lutador baiano Waldemar Santana com mural no centro do Rio

O projeto Negro Muro surgiu em 2018 e foi idealizado pelo produtor cultural Pedro Rajão e o artista Fernando Sawaya (Cazé)

O projeto Negro Muro, que produz artes urbanas em homenagem a grandes figuras da cultura negra na cidade do Rio de Janeiro, inaugura na próxima sexta-feira, 24 de junho, às 10h, um mural em homenagem ao pugilista baiano Waldemar Santana, na Rua da Lapa, n. 49, em frente à sede da Associação Cristã dos Moços, onde o lutador na década de 50, venceu o famoso Mestre de Jiu-Jitsu Hélio Gracie.

 

O muro, de autoria do artista Cazé e idealizado pelo produtor cultural Pedro Rajão, faz referência a trajetória de vida do lutador, que saiu de Salvador, na década de 50, com 22 anos, onde trabalhava como marmorista e mudou-se para o Rio na tentativa de aprimorar seu conhecimento nas artes marciais e correr atrás de seus sonhos.

A arte conta ainda, seu domínio da capoeira, sua participação na Academia Gracie, a vitória no duelo que travou contra o famoso e invencível Hélio Gracie em 24 de maio de1955 e sua ascensão no mundo da luta, sendo conhecido como o Leopardo Negro, um dos precursores do MMA no Brasil.

O mural retrata os desafios de um jovem negro que não se importou em ser o roupeiro ou mesmo faxineiro da academia dos Gracie, e por isso enfrentou todos os desafios possíveis, e ousou conhecer um mundo que poderia lhe dar novas oportunidades. A rebeldia custou caro e seu mestre prometeu uma surra naquele “negro ousado”. A grande luta durou 3h45min e Waldemar venceu, e com ele todos os jovens pobres e negros que sonhavam, naquela época, com uma oportunidade de melhorar suas vidas.

Waldemar virou celebridade nacional e por ser dono de um enorme carisma logo se tornou conhecido do público brasileiro. Cenas como sua relação com o carnaval carioca, artistas, imprensa e sua trajetória de vida são retratadas em cenas do mural.

O Projeto

O projeto Negro Muro surgiu em 2018 e foi idealizado pelo produtor cultural Pedro Rajão e o artista Fernando Sawaya (Cazé) com o objetivo de dar visibilidade a personagens negros invisibilizados pela sociedade. Até o momento já foram feitas diversas intervenções urbanas pelo Rio de Janeiro. A ideia é resgatar a memória e eternizar personalidades negras por toda a cidade. Já foram feitos murais em homenagem ao Fela Kuti, Abdias do Nascimento, Lima Barreto, Marielle Franco, Mãe Beata de Iemanjá, Moacir Santos, Clementina de Jesus, João Cândido, Mussum, Cartola, Pixinguinha, Luiz Gonzaga, Paulinho da Viola entre outros.

Evento – Lançamento do mural do Projeto Negro Muro em homenagem ao ex-lutador baiano Waldemar Santana

Data – 24/06/2022 (sexta-feira)

Horário – 10h

Local – Rua da Lapa n.40- Centro – Rio de Janeiro

Contatos- Pedro Rajão – (21) 99640-5953

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*