Vitória passa a ter comissão técnica formada por pratas da casa

Vitória fez questão de destacar a valorização da divisão de base, informando que terá toda a comissão técnica formada por pratas da casa. 

FOTO: Pietro Carpi/ECV

Logo após a demissão de Fabiano Soares, o Esporte Clube Vitória agiu rápido e acertou com o técnico João Burse, que volta ao clube para assumir a equipe principal na reta final da Série C do Brasileiro em substituição. Nateral de Estiva Gerbi (SP), João Burse teve duas passagens pelo Esporte Clube Vitória. Em 2015, conquistou a Copa do Brasil Sub-17 com o Leão e, ainda naquele ano, foi para o Palmeiras. Em 2017, retornou para o Rubro-Negro, quando também teve a sua primeira oportunidade no time principal. Em 2018, ele assumiu a equipe interinamente por dois jogos após a demissão de Vagner Mancini.

 

Burse chegou ao Vitória com Marcos Carvalho, assistente que acompanha o treinador desde à base e se transferiu com o técnico para o Cianorte (PR). No seu site oficial, o Vitória fez questão de destacar a valorização da divisão de base, informando que terá toda a comissão técnica formada por pratas da casa.

Veja, abaixo, como está composta a nova comissão técnica:

Técnico
João Burse

Assistentes
Marcos Carvalho (do técnico)
Ricardo Amadeu (fixo do clube)
Alexandre Grasseli (do clube)

Preparador físico
Rodrigo Santana (do clube)

Preparador de goleiros
Itamar Ferreira (mantido)

Deixe seu comentário!

PUBLICIDADE

1 Comentário

  1. Em tempos de vacas magras a solução vem de dentro de casa, tempos de bonanza e fartura o legal é contratar “”gringos”, da prestígio, ibope, blábláblá

1 Trackback / Pingback

  1. Bahia é o nordestino que mais vezes disputou as oitavas da Copa do Brasil

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*