Zé Ricardo minimiza ‘pressão’ no Vasco por entrada no G-4 diante do Bahia

Em 2021, clube ficou a temporada inteira sem terminar uma rodada

Neste domingo (15), o Vasco enfrenta o Esporte Clube Bahia, em São Januário, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O confronto vale para o time carioca não apenas a manutenção da invencibilidade na competição, como também a entrada no G-4, algo que não aconteceu no ano passado, tampouco esse ano ainda. Com 10 pontos, o Cruzmaltino está em sexto lugar. Para terminar a rodada no grupo de acesso, precisa vencer o Tricolor e torcer para o Grêmio não superar o Ituano, fora de casa, na segunda-feira. O Vasco terá a 12ª oportunidade de entrar no G-4 desde o ano passado, quando encerrou o campeonato sem terminar uma rodada sequer entre os quatro primeiros colocados.

 

Na Série B de 2021, o Vasco teve dez oportunidades de entrar no G-4, nas rodadas 6, 8, 10, 11, 12, 13, 15, 17, 18 e 19. Esse ano, até aqui, o Vasco teve uma chance de entrar no G-4, na 5ª rodada. Com os tropeços de Náutico e Brusque, o Cruzmaltino terminaria em quarto em caso de vitória sobre o Tombense, contudo, ficou no empate. Na rodada passada, ao vencer o CSA, o time carioca terminou a 6ª rodada na 5ª colocação, com 10 pontos. O treinador, durante a semana, falou sobre a pressão.

“Sabemos que a Série B é muito disputada, mas uma vitória contra o Bahia vai dar os três pontos, que é o que sempre buscamos. Continuo dizendo que temos que seguir nosso planejamento, consigo ver que estamos querendo muito acertar. Mais uma vez: não vamos subir na sétima rodada, temos que estar se possível dentro do G-4 sempre”, disse ele na coletiva da última quinta-feira.

Nenê também falou sobre o assunto. “Existe toda essa pressão que vem do ano passado. Sinto que às vezes, mentalmente, o time peca por isso, misturando a pressão e entendimento do jogo. Isso afeta. Não culpo o torcedor, que está sofrendo há muitos anos e sofreu muito no ano passado. Mas acaba afetando, é algo que não é conosco”, disse Nenê, na semana passada.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Rodrigo Chagas espera resposta do Jacuipense dentro casa na Série D

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*