Conferência é realiza para discutir a segurança na Copa do Mundo

O Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2022, no Catar, fez, no último domingo (22), uma conferência

Foto: Divulgação / Catar-2022

O Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2022, no Catar, fez, no último domingo (22), uma conferência sobre a segurança no decorrer da competição. Em Doha, o evento teve a participação de dirigentes dos órgãos nacionais e internacionais, a exemplo da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol).

 

“Nosso país goza dos mais altos níveis de segurança, reforçados por um serviço policial de classe mundial. O Catar ocupa o primeiro lugar em todos os indicadores de segurança global, incluindo uma taxa de criminalidade excepcionalmente baixa”, analisou o presidente do Comitê de Operações de Segurança e Proteção, Abdulaziz Al Ansari.

Mais de 40 delegações, com representantes dos países com seleções classificadas para o torneio, da Organização das Nações Unidas (ONU), da Fifa, da Interpol e da Europol estiveram presentes na reunião para o próximo Mundial. Os integrantes do encontro debateram questões como avaliação de riscos, planejamento e procedimentos de segurança nos estádios.

Para o diretor de segurança da Fifa, Helmut Spahn, a entidade acredita na capacidade do Catar em realizar o evento com os alavancados padrões protetores. A Copa do Mundo deste ano está prevista para iniciar no dia 21 de novembro. Já o encerramento do torneio está agendado para o dia 18 de dezembro.

Deixe seu comentário!