Ronaldo faz novas exigências no Cruzeiro para manter negócio da SAF

Exigências pedem transferências das Tocas da Raposa I e II da associação para a empresa que o intitulará como sócio-majoritário

Foto: Gustavo Guimarães Aleixo/Cruzeiro

Um dos primeiros clubes a aderir ao novo modelo administrativo no futebol, o Cruzeiro terá um dia intenso no próximo 4 de abril. A partir das 17h30, no Parque Esportivo do Barro Preto, em Belo Horizonte (MG), o Conselho Deliberativo do clube vai pôr em votação as novas demandas pedidas por Ronaldo. O objetivo é confirmar ou não a compra de 90% da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) da Raposa. Conectado com os torcedores do time, o Fenômeno destacou que a permanência do projeto de reparação da instituição integra neste momento as decisões dos conselheiros.

 

“Acho que a situação realmente é importante, ela é decisiva, mas não tem muita coisa que eu possa fazer agora. Nesse momento, depois de três meses de auditoria, a gente chegou nesse consenso, chegamos num plano final, na estratégia final, e o melhor trabalho foi feito por especialistas. Os melhores do Brasil, da Alvarez & Marsal, quanto pelo pessoal da XP, que está assessorando o Cruzeiro. São os melhores caras do Brasil disparados. Acho que agora a bola está com o Conselho do Cruzeiro”, analisou, em sua live tradicional às sextas-feiras.

“A gente está fazendo um excelente trabalho, a gente caminhou muito, avançou muito temos muito que avançar na área esportiva, na gestão, em tudo que quer fazer. Mas agora é o momento que, infelizmente, caiu nessa reta final do Mineiro, na disputa da Copa do Brasil. Mas sabíamos que esse momento ia chegar e a gente teve que tomar essa decisão. Vamos aguardar agora. A bola está com os conselheiros do Cruzeiro”, completou o ex-craque.

A princípio, Ronaldo Fenômeno busca as transferências das Tocas da Raposa I e II para a empresa que terá o empresário como sócio-majoritário. A proposta de compra referente aos 90% da SAF foi assinada em dezembro do ano passado. Outra exigência feita pelo ex-jogador é a aprovação dos conselheiros acerca da etapa de Recuperação Judicial ou Extrajudicial.

“Aqui está todo mundo trabalhando seriamente pela reconstrução do Cruzeiro e vai continuar assim até o dia da decisão do Conselho. A gente espera sim que seja a resposta que a gente espera, a resposta que a torcida espera, acho que a gente está credenciado para assumir esse desafio”, afirmou.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Náutico espera 'dia do fico' de Kieza; Atacante tem proposta do CSA

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*