Ex-Bahia, técnico conquista vitória na Justiça em ação contra o Cruzeiro

Mano Menezes vai receber pagamento de R$ 840 mil mediante consideração positiva de sentença favorável acerca de cobranças de direitos de imagem

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Aos 59 anos, o técnico Mano Menezes, ex-Bahia, segue acumulando conquistas fora de campo. Desta vez, a 5ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte condenou o Cruzeiro a pagar R$ 846.666,66 (mais multa de 5% e juros de mora de 1% ao mês) ao experiente treinador. A princípio, a sentença foi publicada na última quarta-feira (08).

 

Apesar de caber recurso, a Raposa vai precisar também quitar os honorários advocatícios de 5% do valor apurado em liquidação. Desse modo, o valor total arbitrado de condenação gira em torno de R$ 990 mil. Durante a carreira como comandante profissional, Mano Menezes dirigiu o clube mineiro em duas ocasiões: 2015 e 2016/2019.

O treinador solicita, através de ação monitória (procedimento de cobrança), o pagamento de direitos de imagem. Ainda assim, uma tentativa de encaminhar o caso para a esfera cível, no entanto, após recursos, o processo continuou mantido na Justiça do Trabalho.

Com passagens por clubes como Cruzeiro, Palmeiras, Corinthians e Flamengo, Mano Menezes desembarcou no Bahia em setembro de 2020. No entanto, a diretoria tricolor efetuou seu desligamento do cargo após 24 jogos, onde venceu oito, perdeu 14 e empatou duas partidas. Encerrou a passagem no Esquadrão de Aço com 36,1% de aproveitamento. No ano passado, ele comandou o Al-Nassr, da Arábia Saudita.

Autor(a)

Pedro Moraes

Jornalista, formado pela Universidade Salvador (Unifacs). Possui passagens em vários ramos da comunicação, com destaques para impresso, sites e agências de Salvador e São Paulo. Contato: pedrohmoraessjorn@gmail.com

Deixe seu comentário