Diretor do Bahia não descarta nova chance a Óscar Ruiz, mas pontua cobrança

Paraguaio entrou em campo somente uma vez neste ano pelo Esquadrão de Aço

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Há aproximadamente 10 dias no Bahia, o diretor de futebol Eduardo Freeland tem tomado conhecimento da situação de alguns jogadores. É o caso do atacante Óscar Ruíz, que retomou os treinamentos com o elenco após um período de stand-by. Ausente das partidas desde janeiro, quando participou do empate em 1 a 1 com o Unirb, pelo Campeonato Baiano.

 

Segundo o novo gestor do Esquadrão de Aço, a projeção inicial é de recuperar alguns atletas ‘esquecidos’. Apesar disso, a cobrança será em cima de desempenho durante as partidas.

“Levantei o histórico de quem era esse jogador. A gente julga muito os jogadores e esquecem de quem eles são. A origem dele é extremamente humilde, tem dificuldade com a língua, é introvertido. A gente tem a responsabilidade de potencializar e só vai ser potencializado dentro do contexto. Já foi conversado internamente e entendemos que fazia sentido. Se ele vai ser utilizado ou não, ele que vai responder. A gente vai tentar dar as melhores condições, acolher o jogador”, explicou, em reunião com conselheiros na última terça-feira (15).

Revelado pelo Libertad, do Paraguai, Óscar Ruiz possui longa carreira no país pelo futebol sul-americano. Todavia, na primeira oportunidade fora do seu país, conseguiu marcar somente um gol em 34 jogos disputados. Freeland reforçou ainda a necessidade da recuperação partir das duas partes.

“Depende de todos nós, mas ele é o cara que tem que fazer acontecer a vai ser cobrado por isso. Vamos tentar fazer o possível para que ele esteja no melhor nível de performance que ele pode alcançar”, acrescentou.

Apesar do posicionamento do novo dirigente tricolor, o paraguaio sequer foi relacionado para esta quarta-feira (16), às 19h15, diante do Vitória da Conquista. A partida acontece na Arena Fonte Nova, pela última rodada da primeira fase da Série A do Campeonato Baiano.

Autor(a)

Pedro Moraes

Jornalista, formado pela Universidade Salvador (Unifacs). Possui passagens em vários ramos da comunicação, com destaques para impresso, sites e agências de Salvador e São Paulo. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário