Jornalista é demitido da Rádio Transamérica após ofender treinador

Em comunicado, a empresa repudiou a fala do jornalista e afirmou que “não compartilha das opiniões"

Nesta terça-feira, a Rádio Transamérica anunciou a demissão do jornalista Paulo Roberto Martins, conhecido também como Paulo Morsa, de 77 anos, após ofensas ao técnico português Abel Ferreira, do Palmeiras. A fala aconteceu na última segunda-feira. Após a declaração, o clube paulista informou que não atenderia mais solicitações de imprensa de profissionais da rádio enquanto Morsa fizesse parte do quadro de funcionários da emissora.

 

“Não estou dizendo que ele é mau treinador. Estou falando que ele como ser humano é uma desgraça, um idiota. Ele é um boçal. Ele não tem educação. Ele é arrogante, ele é prepotente, como ser humano. Não estou falando como técnico, que ele sabe fazer”, disse o jornalista de 77 anos.

Em comunicado, a empresa repudiou a fala do jornalista e afirmou que “não compartilha das opiniões emitidas pelo comentarista”. Veja abaixo:

“Em função dos fatos ocorridos no programa Papo de Craque 2ª Edição no dia 14 de março, por decisão da Rádio Transamérica o contrato com o jornalista e comentarista Paulo Roberto Martins foi rescindido nesta terça-feira, 15. A emissora reforça que não compartilha das opiniões emitidas pelo comentarista, relacionadas ao técnico português Abel Ferreira, da Sociedade Esportiva Palmeiras.”

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*