Athletico-PR anuncia retorno do atacante Marcelo Cirino, ex-Bahia

Pelo Athletico-PR, Marcelo Cirino tem duas passagens entre 2008 e 2014 e 2018 a 2019.

Nesta sexta-feira, o Athletico Paranaense anunciou o retorno do atacante Marcelo Cirino, que estava no Esporte Clube Bahia desde setembro do ano passado, mas pediu a rescisão de contrato alegando “problemas pessoais”. O vínculo do jogador com o Rubro-Negro do Paraná é válido até 31 de dezembro de 2023. Ele vestirá a camisa 7 nas disputas do Brasileirão e da Copa do Brasil. Ele comemorou o acerto com o Furacão e espera conquistar mais títulos no clube.

 

“Estou muito feliz por este retorno ao Athletico. Aqui é um lugar em que realmente me sinto em casa”, afirma Marcelo Cirino. “Sei da minha capacidade e que posso ajudar o time neste meu retorno. Não há nada melhor do que conquistar vitórias e títulos com a camisa do Athletico. E junto dos meus companheiros, sei onde podemos chegar. Tudo isso me motivou a estar aqui de volta agora”, destaca.

“As pessoas sempre me disseram que a camisa do Athletico sempre me fez muito bem”, conta Marcelo Cirino. “Não vejo a hora de poder estar em campo. E tenho certeza de que essa volta será tão maravilhosa quanto à passagem anterior que tive aqui”, projeta.

Pelo Athletico-PR, Marcelo Cirino tem duas passagens entre 2008 e 2014 e 2018 a 2019. No total, tem 50 gols marcados em 217 jogos pelo clube. Ele conquistou a Sul-Americana (2018), J.League/Conmebol (2019) e Copa do Brasil (2019).

Natural de Maringá (PR), Marcelo Cirino da Silva surgiu nas divisões de base do Atlético Paranaense e fez sua estreia profissional em 2019, porém, teve poucas chances no time principal e acabou emprestado em 2011 ao Vitória, onde disputou 15 jogos e marcou um gol. Retornou ao Furacão em 2012 e desta vez não somente se firmou como titular, como foi destaque por três temporadas, até ser contratado pelo Flamengo com ajuda de um grupo de investidores da Doyen Group.

Ficou duas temporadas no clube carioca e depois foi emprestado a Internacional (2017) e Al-Nasr (2018). Não demorou muito nos Emirados Árabes Unidos e no mesmo ano acertou seu retorno ao Athletico-PR, vivendo seu melhor momento na carreira e sendo peça importante nas conquistas da Copa Sul-Americana (2018) e Copa do Brasil (2019). Em 2020, foi negociado com o Chongqing Dangdai, da China, mas solicitou a rescisão na FIFA por conta dos salários atrasados e ficou livre no mercado. Acertou com o Bahia no ano passado, mas só estreou em 2022. Foram 8 jogos e 2 gols marcados.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*