Dado elogia meia Jadson e vê Vitória como favorito na Série C

Dado Cavalcanti terá pouco menos de duas semanas para definir equipe titular do confronto do dia 16 de janeiro

A mudança de postura de contratações do Esporte Clube Vitória alterou a formação do elenco para a temporada 2022. Apostando em jogadores experientes para reforçar o elenco jovem oriundo das categorias de base, o Leão da Barra anunciou, por exemplo, o meio-campista Jadson, de 38 anos. Segundo o técnico Dado Cavalcanti, o jogador vai ajudar como referência fora de campo e dentro das quatro linhas, mediante um bom condicionamento físico.

 

“É inegável que Jadson hoje é uma referência técnica para um grupo tão jovem. Tecnicamente dispensa comentários. Nossa expectativa é saber quais os níveis de condicionamento que ele vai se apresentar”, pontuou.

Confiante no desempenho do time durante este ano, o comandante rubro-negro projetou a campanha do Vitória no estadual, na Copa do Brasil e na Série C. “O Vitória é favorito na Série C, no estadual, estou brigando por título. Entraremos na Copa do Brasil com boas perspectivas de passagem de fase, de quem sabe chegar nas oitavas de final, para contemplar objetivos financeiros para o clube, que a gente sabe o quão importante é”, destacou.

Apesar da confiança, Dado ressaltou a necessidade de ser paciente com o plantel, bastante renovado para a nova temporada, que vai disputar jogos com times mais conectados por manter as bases de 2021.

“Acho que vamos sofrer no início. Tenho uma perspectiva muito boa para o ano do clube, mas sei que os primeiros jogos serão muito difíceis. Vamos enfrentar, por exemplo, a Juazeirense, que está treinando desde dezembro, elenco com vários jogadores remanescentes, um treinador muito consistente. Estamos iniciando, temos um grupo totalmente novo. Os caras estão chegando de férias, fazendo exames médicos. Os jogadores que estão chegando precisam estar em uma condição mínima de segurança para começar a jogar. Talvez a escalação da estreia não vai ser a que estou bolando na minha cabeça agora”, pontuou.

Autor(a)

Pedro Moraes

Jornalista, formado pela Universidade Salvador (Unifacs). Possui passagens em vários ramos da comunicação, com destaques para impresso, sites e agências de Salvador e São Paulo. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário