Atacante do Palmeiras escapa de suspensão por expulsão contra o Bahia

Wesley foi expulso por ter acertado o peito do lateral-direito Renan Guedes

Nesta terça-feira, o atacante Wesley, com passagem pelo Vitória e atualmente defendendo o Palmeiras, foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta da expulsão na partida contra o Bahia. O jogador foi enquadrado no artigo que cita “praticar jogada violenta” e poderia pegar até seis partidas de suspensão. Porém, foi punido com um jogo de suspensão, que já foi cumprido.

 

Wesley foi expulso por ter acertado o peito do lateral-direito Renan Guedes com a sola do pé durante uma disputa de bola, já na reta final do jogo. No jogo, o Bahia criou inúmeras chances, mas esbarrou no goleiro Jailson e acabou empatando sem gols com o Palmeiras na Arena Fonte Nova.

Sem punição severa, o jogador está à disposição do técnico Abel Ferreira para a partida desta quarta-feira, contra o Atlético-GO, pela 31ª rodada do Brasileirão. Wesley, que chegou a ser titular e marcar gol na final da Copa do Brasil, tem sido pouco utilizado no time titular por Abel nos últimos jogos do Palmeiras. Nesta temporada ele atuou em 46 partidas e marcou quatro gols.

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário