Atacante cobra R$ 722 mil do Vitória na Justiça e tem rescisão antecipada negada

Ainda incorporado ao corpo de atletas do Leão da Barra, o atacante Vico acionou o poder judiciário cobrando R$ 722 mil referente a salários atrasados, direitos trabalhistas como FGTS,13° e férias não recolhidos

Foto: Pietro Carpi / EC Vitória

Um dos destaques do Vitória na temporada 2020, o atacante Vico acionou o poder judiciário do Brasil contra o clube. A princípio, o jogador cobra R$ 722 mil, valor que envolve salários atrasados, direitos trabalhistas como FGTS, 13° e férias não recolhidos. Aos 24 anos, o ponta tentou ainda a rescisão antecipada do vínculo contratual com o Leão da Barra, que tem prazo final em dezembro, no entanto, a Justiça do Trabalho negou o pedido, nesta segunda-feira (22).

 

“No caso em exame, o direito alegado pelo reclamante embasa-se em fato controverso, qual seja, o modo de extinção do contrato do trabalho, não tendo este Juízo, em cognição exauriente e sem manifestação da parte contrária, convencido quanto a plausibilidade do direito aos bens da vida pretendidos”, evidencia um trecho da decisão proferida pelo juiz Cássio Meyer Barbuba.

O processo, que circula na 20ª Vara do Trabalho de Salvador, contempla também a observação de Vico, na qual o atleta sinaliza que selou um acordo para reduzir o salário de 25% em função da crise instaurada pela pandemia da Covid-19. A princípio, o acordo teria acontecido para o período entre maio e junho de 2020. Contudo, ele reitera que o Rubro-Negro Baiano estendeu o período de modo indevido até março de 2021.

Desse modo, uma audiência presencial está marcada para o dia 7 de fevereiro de 2022, às 14h30, na 20ª Vara do Trabalho da capital baiana. Antecipadamente, vale lembrar que a diretoria do Vitória sinalizou que Vico não faz mais parte do elenco para a próxima temporada, desde outubro.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. QUERO SABER DE CAICEDO .. DO CONTRÁRIO O VITÓRIA QUE CHAMO DE VITÓRIA POIS NÃO SOU APOIADOR DO GRUPO DE BELLLITANI PODE SER REBAIXADO PRÁ SÉRIE D SE FOR PUNIDO..

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. CBF não divulga áudios do VAR de Bahia x Cuiabá, mas explica motivo
  2. Baque na Justiça: Vitória sofre processo de atacante por R$ 722 mil – Futebol Bahiano | Jurnews

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*